Abrir menu principal

Homero Salles (São Paulo, 6 de janeiro de 1952) é um radialista e profissional de televisão brasileiro.

Trabalhou em emissoras pequenas de Curitiba, Belém do Pará e São José do Rio Preto até ser contratado por Silvio Santos em 1977.

Trabalhos na televisãoEditar

Dirigiu vários programas do apresentador Silvio Santos entre 1977 e 1997, como: Domingo no Parque, Cidade X Cidade, Hot Hot Hot, Miss Brasil (1981 à 1987), Tentação, entre outros.) paralelamente à sua carreira com o apresentador Augusto Liberato (Gugu): Viva a Noite, Corrida Maluca, Big Domingo, Play Game, Programa de Vídeos, Nações Unidas, Domingo Legal e outros[1].

A partir de 1997, como produtor independente produziu na GGP Produções os programas: Domingo Milionário (TV Manchete), Escolinha do Barulho (Rede Record), Fábrica Cinco (TV Gazeta), Raízes do Campo (Rede Record), SBT Rural (SBT) e Netinho - Domingo da Gente (Rede Record).

Em 2006 reassumiu a direção do Domingo Legal no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), apresentado por Gugu, mas em junho de 2009 o diretor e o apresentador foram convidados pela Rede Record para mudar de emissora, onde estrearam em 30 de agosto do mesmo ano.

Na Rede Record, Homero foi diretor-geral do Programa do Gugu , ao lado de vários profissionais que também migraram da antiga emissora SBT. Integrou também o Comitê Artístico da Rede Record , onde trabalhou até junho de 2017.

Nesse mesmo mês , reassumiu a Direção Geral e de Conteúdo da GGP Produções, função essa que vem exercendo presencialmente e ou remotamente, uma vez que mudou-se para os EEUU e posteriormente para Portugal, países em que estabeleceu novas bases e de onde presta consultorias especializadas na área de Comunicações .

PessoalEditar

Homero tem três filhos, um do primeiro casamento, jornalista formado pela Faculdade Casper Líbero, e um casal da atual união com a publicitária Danielle Calamita, com quem mora atualmente em Cascais, Portugal.

De 2014 à 2018, a família esteve baseada em Celebration, FL, nos Estados Unidos, onde eram vizinhos do apresentador e proprietário do SBT, Silvio Santos.

Referências

  1. Revista Veja - 29/10/1997 acessado em 10 de outubro de 2007.
  Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.