Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Horace McCoy
Nascimento 14 de abril de 1897
Pegram, Estados Unidos da América
Morte 16 de dezembro de 1955 (58 anos)
Hollywood, Estados Unidos da América
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americano
Ocupação Escritor e guionista

Horace McCoy (Pegram, Tennessee, 14 de abril de 1897 - Hollywood, 16 de dezembro de 1955) foi um escritor e roteirista dos Estados Unidos.

BiografiaEditar

Escritor e roteirista americano que percorreu uma vida atuando em diversos trabalhos até fixar-se como autor de roteiros em Hollywood e adaptações de romances para o cinema. Apesar de não ter produzido um vasto número de obras literárias, ganhou destaque como roteirista de filmes em Hollywood.

Antes de estabelecer-se como escritor, McCoy, ainda aos 12 anos de idade, começou a trabalhar como vendedor de jornais. Mais tarde, tornou-se caixeiro viajante, percorrendo o território americano, depois como motorista de táxi nas cidades de Nova Orleans e Dallas. McCoy também passou um período na França ao combater na Primeira Guerra Mundial (1914-1918) por 18 meses.

Já na década de 1920 trabalhou num jornal em Dallas, onde era encarregado de reportagens sobre esporte. Voltando a viajar a Paris, conheceu F. Scott Fitzgerald e outros escritores expatriados. Começou a escrever pequenas histórias influenciado por esses novos contatos, o que chamou a atenção da crítica e do público após tê-las publicado em revistas da época.

Ao voltar aos Estados Unidos, McCoy ajudou a fundar o Teatro Experimental de Dallas (Little Theater, que seria considerado um célebre local, sob a direção de Oliver Hinsdell. Em 1931, quando McCoy já não se relacionava muito bem com o mundo das produções (apesar de não ter tido qualquer tipo de atrito com Hinsdell), deixou Dallas e foi morar em Hollywood, onde viveu e trabalhou até o fim da vida.

Um dos filmes produzidos a partir de romances de Horace McCoy é A noite dos desesperados (1969), originado de Mas não se mata cavalos?. Esse filme foi dirigido por Sydney Pollack e estrelado por Jane Fonda, no papel da amarga Glória Beatty.

ObrasEditar

RomancesEditar

RoteirosEditar

  • Postal Inspector (1936)
  • The Trail of the Lonesome Pine (1936), dir. por Henry Hathaway.
  • Parole! (1936)
  • Dangerous to Know (1938), escrito com William R. Lipman, baseado na peça On the Spot, de Edgar Wallace.
  • Hunted Men (1938)
  • King of the Newsboys (1938)
  • I Should Have Stayed Home (1938)
  • Persons in Hiding (1939)
  • Parole Fixer (1939)
  • Television Spy (1939)
  • Island of Lost Men (1939)
  • Undercover Doctor (1939)
  • Women Without Names (1940)
  • Texas Rangers Ride Again (1940)
  • Queen of the Mob (1940), dir. por James Hogan
  • Wild Geese Calling (1941)
  • Texas (1941)
  • Valley of the Sun (1942)
  • Gentleman Jim (1942), dir. pr Raoul Walsh
  • You're Telling Me (1942)
  • Flight for Freedom (1943)
  • Appointment in Berlin (1943)
  • There's Something about a Soldier (1943)
  • The Fabulous Texan, Montana Belle (1949)
  • The Fireball (1950)
  • Bronco Buster (1952)
  • The Lusty Men (1952), dir. por [Nicholas Ray]
  • The World in His Arms (1952)
  • The Turning Point (1952), dir. por William Dieterle
  • Bad for Each Other, (1954) escrito com Irving Wallace
  • Dangerous Mission, (1954)
  • Rage at Dawn (1955)
  • The Road to Denver (1955)
  • Texas Lady (1955)

Referências

Ligações externasEditar