Horibe Yasubei Taketsune

Horibe Yasubei Taketsune (堀部武庸安兵衛?) 16701703, foi um guerreiro do Japão. Yasubei era filho de Nakayama Yajiemon, um samurai do domínio Shibata (han atualmente em Niigata).

Horibe Yahei e seu filho adotivo Horibe Yasubei em suas roupas em preto-e-branco com uma marreta de madeira por Utagawa Kunisada

HistóriaEditar

Quando Yasubei tinha 13 anos, seu pai perdeu a posição de samurai e se tornou um ronin. Pouco depois, Yajiemon morreu, e como a mãe de Yasubei morreu dando a luz a ele, tornou-se órfão. Eventualmente, acabou em Edo e se tornou um bem sucedido mestre espadachim no dojo.

Em 1694, veio ajudar seu dojo em um duelo em Takadanobaba em Edo, matando três adversários. Ele recebeu elogios por seu papel, e Horibe Yahei lhe ofertou a sua filha para casamento e assim se tornar o herdeiro para a família do Yahei. Yahei ficou tão impressionado com Yasubei que o defendeu perante seu mestre, Asano Naganori, de forma que permitisse Yasubei manter o seu nome Nakayama. Yasubei finalmente assumiu o nome Horibe e tornou-se um sucesso no domínio Ako.

Em 1701, Asano Naganori foi condenado a cometer seppuku como resultado de um ataque a Kira Yoshinaka. O Domínio Ako foi dissolvido, e Yasubei mais uma vez se tornou um ronin. Em 1702, Yasubei e Yahei estiveram entre os 47 ronin que atacaram e mataram Kira, vingando a morte de seu mestre. Yasubei se entregou as autoridades e foi colocado sob custódia de Matsudaira Oki no Kami Sadanao. Em 20 de março de 1703 (de acordo com o Calendário gregoriano), ele foi condenado a cometer seppuku.

Horibe Yasubei tem um papel proeminente em peças de teatro, filmes, televisão e representações de Chūshingura, o ficção que conta a história dos 47 ronin.

Ligações externasEditar