Hosokawa Fujitaka

Hosokawa Fujitaka (細川藤孝, 3 de junho de 1534 – 6 de outubro de 1610) foi um daimiô japonês durante o período Sengoku na história do Japão.[1][2]

Hosokawa Fujitaka

Também conhecido como Hosokawa Yūsai (細川幽斎), Fujitaka foi um proeminente serviçal do último dos xogunato Ashikaga. Seu filho, Hosokawa Tadaoki, chegou a ser um dos principais generais do clã Oda .

Depois do Incidente de Honnō-ji em 1582, Fujitaka fez a tonsura budista e mudou seu nome para Yūsai, entretanto continuou sendo uma importante pessoa política do xogunato de Toyotomi Hideyoshi e mais tarde de Tokugawa Ieyasu. Hideyoshi lhe concedeu um estipêndio de 3,000 koku.

Fujitaka foi enterrado em Quioto porém tem uma segunda tumba em Kumamoto, onde seu neto, Hosokawa Tadatoshi, governou.

Referências

  1. Nussbaum, Louis-Frédéric. (2005). "Hosokawa Tadaoki" in Japan Encyclopedia, p. 358; 細川藤孝
  2. Berry,Mary Elizabeth "Hideyoshi" 1982
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Hosokawa Fujitaka