Houdini (filme)

filme de 1953 dirigido por George Marshall

Houdini (bra: Houdini, o Homem Miraculoso[1][2][3]; prt: Houdini[4]) é um filme norte-americano de 1953, do gênero drama biográfico, dirigido por George Marshall, com roteiro de Philip Yordan baseado no romance Houdini, de Harold Kellock, por sua vez inspirado na vida do ilusionista Harry Houdini.[5]

Houdini
No Brasil Houdini, o Homem Miraculoso
Em Portugal Houdini
 Estados Unidos
1953 •  cor •  106 min 
Direção George Marshall
Roteiro Philip Yordan
Baseado em Houdini, de Harold Kellock
Elenco Tony Curtis
Janet Leigh
Torin Thatcher
Género drama biográfico
Idioma inglês

É o primeiro filme a reunir o casal Tony e Janet.[3]

ElencoEditar

  • Tony Curtis .... Harry Houdini
  • Janet Leigh .... Bess Houdini
  • Torin Thatcher .... Otto
  • Angela Clarke .... sra. Weiss
  • Stefan Schnabel .... advogado alemão
  • Ian Wolfe .... Malue
  • Sig Ruman .... Schultz
  • Michael Pate .... Dooley
  • Connie Gilchrist .... sra. Shultz
  • Malcolm Lee Beggs .... carcereiro inglês
  • Frank Orth .... sr. Hunter
  • Barry Bernard .... insp. Marlick
  • Douglas Spencer .... Simms

SinopseEditar

A trama conta a história de Harry Houdini, ilusionista americano que, não reconhecido em seu país natal, onde se apresentava em [[parques de diversões, vence um concurso e viaja à Europa, onde se torna famoso.[2]

Referências

  1. «Houdini, o Homem Miraculoso». no AdoroCinema 
  2. a b Houdini, o Homem Miraculoso no CinePlayers (Brasil)
  3. a b EWALD FILHO, Rubens (1975). Os filmes de hoje na TV. São Paulo (Brasil): Global. p. 99 
  4. Houdini no SapoMag (Portugal)
  5. «Houdini (1953)». American Film Institute. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.