Abrir menu principal
Hugh Dallas
Nome completo Hugh Dallas
Nascimento 26 de outubro de 1957 (61 anos)
Allanton, Reino Unido
Nacionalidade britânico
Ocupação Empresário
Filiação SPA
Árbitro FIFA 1992–2002

Hugh Dallas, MBE (Allanton, 26 de outubro de 1957) é um ex-árbitro de futebol escocês. Apitou na Eurocopa 2000 e nas Copas de 1998, realizada na França, e 2002, sediada em conjunto por Japão e Coreia do Sul. Também foi escolhido para apitar nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996.

Uma carreira manchada por um erroEditar

Filiado à FIFA desde 1992, Dallas (que iniciou sua carreira como árbitro amador em 1982 e chegou a trabalhar como bandeirinha em 1988) tornou-se conhecido na partida entre Estados Unidos e Alemanha, quando cometeu um dos maiores erros da carreira: após chute do zagueiro Gregg Berhalter, a bola não chega ao goleiro Oliver Kahn, e Torsten Frings evita o gol colocando a mão. Para Dallas, o lance não fora interpretado como um pênalti, e sim como "bola na mão", pois Frings não havia colocado sua mão intencionalmente na bola.[1] Kahn admitiu, após o jogo, que sua seleção "teve sorte"[2] ao sair com a vitória por a 1 a 0 (gol de Michael Ballack).

Embora Dallas tivesse sido escalado para ser o quarto-árbitro da final entre Brasil e Alemanha, seu erro foi decisivo para sua desfiliação do quadro de arbitragem da FIFA, também em 2002.

Andrew Dallas, filho de Hugh, decidiu seguir os passos de seu pai e também exerce a função de árbitro.

CondecoraçãoEditar

Em novembro de 2002, Hugh foi condecorado com a Ordem do Império Britânico devido aos seus serviços prestados ao futebol da Escócia.

Referências

  1. «World Cup call for Europeans in referees row» (em inglês). The Herald. 24 de junho de 2002 
  2. Ian Ladyman (24 de junho de 2002). «Kahn says Germany will be victims of bad calls». Daily Mail  Texto "accessdate29 de junho de 2010" ignorado (ajuda)