Abrir menu principal

I Never Sang for My Father

filme de 1970 dirigido por Gilbert Cates
I Never Sang for My Father
Choque de Gerações (PRT)
Meu Pai, Um Estranho (BRA)
 Estados Unidos
1970 •  technicolor •  92 min 
Direção Gilbert Cates
Produção Gilbert Cates
Roteiro Robert Anderson (roteiro e peça)
Elenco Melvyn Douglas
Gene Hackman
Dorothy Stickney
Gênero drama
Música Al Gorgoni
Barry Mann
Direção de fotografia Morris Hartzband
George Stoetzel
Direção de arte Hank Aldrich
Figurino Theoni V. Aldredge
Edição Angelo Ross
Companhia(s) produtora(s) Janel Productions
Columbia Pictures
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 18 de outubro de 1970
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

I Never Sang for My Father (bra: Meu Pai, Um Estranho /prt: Choque de Gerações) é um filme norte-americano de 1970, do gênero drama, dirigido por Gilbert Cates e estrelado por Melvyn Douglas e Gene Hackman.

ProduçãoEditar

Extremamente depressivo,[1] I Never Sang for My Father é a adaptação da peça de teatro homônima de Robert Anderson, representada, com prejuízo financeiro,[2] 124 vezes na Broadway entre janeiro e maio de 1968.[3]

O tema -- conflitos familiares -- é um velho favorito do teatro americano, de Eugene O'Neill a Arthur Miller.[2] Em I Never Sang for My Father, um professor e seu pai irascível tentam compreender-se e estabelecer uma comunicação.

Em sua estreia no cinema, o diretor Gilbert Cates, vindo da televisão, não consegue esconder as origens teatrais da história, apesar dos esforços do roteiro, escrito pelo próprio autor da peça.[2][4]

Tanto Melvyn Douglas quanto Gene Hackman foram indicados ao Oscar. Hackman levaria a estatueta no ano seguinte por The French Connection (1971). Ken Wlaschin lista as atuações de ambos em I Never Sang for My Father entre as melhores de suas carreiras.[5]

SinopseEditar

Gene Garrison, professor em Nova Iorque, anuncia que vai casar-se e passar a viver na Califórnia. A mãe aprova sua decisão, mas o adverte de que isso poderia ter um efeito negativo em seu pai, que está cada dia mais amargo. Às vésperas do casamento, a mãe morre e Gene precisa ajudar o velho a atravessar aquela fase difícil. A questão é: os dois conseguirão aceitar-se mutuamente, eles que sempre foram distantes um do outro?

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Ator (Melvyn Douglas)
Melhor Ator Coadjuvante (Gene Hackman)
Melhor Roteiro Adaptado
Indicado
Indicado
Indicado
Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood Golden Globe Melhor Filme Dramático
Melhor Ator em Filme Dramático (Melvyn Douglas)
Indicado
Indicado
Motion Picture Exhibitor Laurel Awards Melhor Ator Dramático (Melvyn Douglas) Quinto lugar
National Board of Review NBR Award Dez Melhores Filmes de 1970 Escolhido
Writers Guild of America WGA Award Melhor Roteiro Adaptado Vencedor
New York Film Critics Circle Awards NYFCC Melhor Ator (Melvyn Douglas) Segundo Lugar

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Melvyn Douglas Tom Garrison
Gene Hackman Gene Garrison
Dorothy Stickney Margaret Garrison
Estelle Parsons Alice
Elizabeth Hubbard Doutora Peggy Thayer
Lovelady Powell Norma
Daniel Keyes Mayberry
Conrad Bain Reverendo Sam Pell
Jon Richards Marvin Scott

Referências

  1. MALTIN, Leonard, Leonard Maltin's Movie Guide - 2011 Edition, Nova Iorque: New American Library, 2010 (em inglês)
  2. a b c HIRSCHHORN, Clive, The Columbia Story, Londres: Pyramid Books, 1989 (em inglês)
  3. «I Never Sang for My Father». IBDB. Consultado em 29 de maio de 2014 
  4. HANLEY, Brendon. «I Never Sang for My Father». AllMovie. Consultado em 29 de maio de 2014 
  5. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar