Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Iaçu é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2018 era de 24 496[3] habitantes.

Município de Iaçu
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 14 de agosto
Fundação 14 de agosto de 1958 (60 anos)
Gentílico iaçuense
Lema Do jeito que a gente sonha
Padroeiro(a) Santa Luzia
CEP 46860.000
Prefeito(a) Adelson Sousa de Oliveira (PPS)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Iaçu
Localização de Iaçu na Bahia
Iaçu está localizado em: Brasil
Iaçu
Localização de Iaçu no Brasil
12° 46' 01" S 40° 12' 43" O12° 46' 01" S 40° 12' 43" O
Unidade federativa Bahia
Mesorregião Centro Norte Baiano IBGE/2008[1]
Microrregião Itaberaba IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Itaberaba
Rafael Jambeiro
Milagres
Nova Itarana
Marcionílio Souza
Planaltino
Itatim
Boa Vista Do Tupim
Distância até a capital 279 km
Características geográficas
Área 2 442,840 km² [2]
População 24 496 hab. estimativa IBGE/2018[3]
Densidade 10,5 hab./km²
Clima Semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,574 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 197 016 IBGE/2016[5]
PIB per capita R$ 7 574,04 IBGE/2016[5]

Índice

GeografiaEditar

A cidade fica próxima a Itaberaba (29 km), maior centro da região. Fica às margens do rio Paraguaçu, onde ainda é possível a pesca, em especial de tucunarés.

Vegetação: Caatinga arbórea densa, com palmeiras, caatinga arbórea aberta com palmeira.

ClimaEditar

Seu clima é quente durante a maior parte do ano, sendo que durante o inverno, especificamente entre os meses de junho, julho e início de agosto. A temperatura é agradável durante o dia e as noites são frias, chegando algumas vezes a medir 18°. Temperatura média anual: 23,9 °C, máxima 29,6 °C, mínima 20,1 °C.

EconomiaEditar

Tem na produção de blocos de cerâmica e na agropecuária o cerne da sua economia.

Aptidão agrícola das terras: Regular para lavouras regular restrita para pastagem natural. Regular para pastagem plantada, boa para lavoura de sequeiro com cultura da mamona, abóbora, melancia, abacaxi e irrigada. Boa para fruticulturas.Culturas irrigadas: cultura do tomate, pimentão, melancia, feijão, banana, milho, abóbora.Silvicultura: Não apresenta aptidão.

Existem pequenos empreendimentos agrários, na produção da horticultura, fruticultura, irrigada e de sequeiro, executada por mão-de-obra familiar, na produção da abóbora, melancia, feijão, milho tomate, pimentão, manga, melão, mamão, banana.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 7 de setembro de 2018 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 16 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 à 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 31 de maio de 2019 
  Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.