Abrir menu principal
Xemece Aldim Abul Abas Amade ibne Maomé ibne Calicane
Nascimento 22 de setembro de 1211
Arbil (atual Iraque)
Morte 30 de outubro de 1282
Damasco (atual Síria)
Nacionalidade Sultanato Mameluco
Etnia Árabe ou curda
Ocupação Jurista, teólogo e gramático
Religião Islamismo sunita

Xemece Aldim Abulabás Amade ibne Maomé ibne Calicane (em árabe: شمس الدين أبو العباس أحمد بن محمد بن خلكان‎; transl.: Shams al-Dīn Abū Al-ʿAbbās Aḥmad Ibn Muḥammad Ibn Khallikān , lit. "Xemece Aldim Abul Abas Amade, filho de Maomé, filho de Calicane"; em curdo: Ibn Xelikan; os calicanos são uma tribo curda; 22 de setembro de 1211 (807 anos) - 30 de outubro de 1282) foi um estudioso islâmico do século XIII de origem árabe[1] ou curda.[2][3][4]

Índice

BiografiaEditar

Ibne Calicane nasceu em Arbil, no atual Iraque, em 22 de setembro de 1211. Estudou ali, bem como em Alepo e Damasco.[5] Também estudou jurisprudência em Moçul e estabeleceu-se no Cairo, no Egito. Tornar-se-ia proeminente como jurista, teólogo e gramático. Ibne Calicane casou-se no ano de 1252.[6]

Ele foi um assistente do juiz chefe no Egito até 1261, quando assumiu a posição de juiz chefe em Damasco. Ibne Calicane foi removido de sua posição em 1271, retornou ao Egito e lecionou lá até ser restaurado como juiz de Damasco no ano de 1278.[5] Ele retirou-se de sua posição em 1281[6] e morreu em Damasco em 30 de outubro de 1282.[5]

ObrasEditar

O trabalho mais renomado de Ibne Calicane é o dicionário biográfico intitulado "Mortes de Homens Eminentes e História dos Filhos da Época" (Wafayāt al-aʿyān wa-anbāʾ abnāʾ az-zamān). Ele começou a compilar seu trabalho em 1256 e continuou até 1274, citando obras de estudiosos anteriores. Sua obra não inclui biografias de indivíduos já suficientemente cobertos pelas fontes, tais como o profeta Maomé e os califas.[5]

Referências

  1. Setton 1990, p. 681.
  2. Level 1988, p. 31.
  3. Papan-Matin 2010, p. 97.
  4. «Ibn Khallikan's Biographical Dictionary» (em inglês). Consultado em 9 de agosto de 2014 
  5. a b c d «Ibn Khallikān» (em inglês). Consultado em 9 de agosto de 2014 [ligação inativa]
  6. a b «Ibn Khallikān» (em inglês). Consultado em 9 de agosto de 2014. Arquivado do original em 20 de outubro de 2010 

BibliografiaEditar

  • Level, Brigitte (1988). A travers deux siècles: le Caveau, société bachique et chantante, 1726-1939. Paris: Presses Paris Sorbonne. ISBN 290431556X 
  • Papan-Matin, Firoozeh (2010). Beyond Death: The Mystical Teachings of ʻAyn Al-Quḍāt Al-Hamadhānī. Leida: BRILL. ISBN 9004174133 
  • Setton, Kenneth M.; Hazard, Harry Williams; Zacour, Norman P. (1990). A History of the Crusades: The Impact of the Crusades on Europe. Madison, Wisconsin: University of Wisconsin Press