Ichikawa Danjūrō II


Ichikawa Danjuro II (二代目市川団十郎 Nidaime Ichikawa Danjuro, lit. Segundo Ichikawa Danjuro?) foi um ator de kabuki de uma prestigiada linhagem de atores da região de Edo, e viveu entre os anos de 1688 e 1758. "Ichikawa Danjuro" é o nome da linhagem de atores.

Ichikawa Danjūrō II como Kio, e Sadojima Chojoro como Soga no Juro em uma cena da peça de ano novo Hatsu-goyomi akinai Soga no teatro Nakamura-za.

CarreiraEditar

O muito famoso filho de Ichikawa Danjuro I, Danjuro II atuou sob o nome de Ichikawa Kuzo I de 1697 até 1704, no ano em que seu pai foi morto no camarim por um colega de palco, Ikushima Hanroku. Danjuro II assumiu o nome do pai cinco meses depois do incidente, e o manteve até 1735, ano em que obteve o nome Ichikawa Ebizo II.[1] Depois disso, o nome foi passado adiante em uma linhagem direta, por exemplo, Danjuro III e Danjuro IV eram filhos adotados de Danjuro II; Danjuro VI era um filho adotado de Danjuro V, e Danjuro VII era um filho adotado de Danjuro VI.[2]

No mundo conservador do kabuki, nomes artísticos usados por atores são organizados em um sistema formal que os converte em uma marca de realização.[3] Em 1840, Danjuro IV criou o Kabuki Juhachiban (歌舞伎十八番 Dezoito grandes peças de Kabuki?) para lembrar o mundo teatral da proeminência da sua família no kabuki, especialmente na criação e desenvolvimento de papéis no estilo aragoto. Essa coleção de dezoito peças é uma compilação dos papéis representativos dos seus predecessores na linhagem Ichikawa Danjuro. O trabalho apresenta o personagem Benkei, que foi interpretado por Danjuro I e Danjuro II.[4] Essa é a ie no gei (家の芸 Arte familiar?) da linhagem Danjuro.[5]

Linhagem da família Ichikawa DanjuroEditar

  • Ichikawa Danjūrō I (1660–1704)[5]
  • Ichikawa Danjūrō II (1688–1758)[5]
  • Ichikawa Danjūrō III (século XVIII)[1]
  • Ichikawa Danjūrō IV (1711–1778)[1]
  • Ichikawa Danjūrō V (1741–1806)[5]
  • Ichikawa Danjūrō VI (séculos XVIII-XIX)[1]
  • Ichikawa Danjūrō VII (1791–1859)[1]
  • Ichikawa Danjūrō VIII (1822–1854)
  • Ichikawa Danjūrō IX (1838–1903)[5]
  • Ichikawa Danjūrō X (século XIX)[1]
  • Ichikawa Danjūrō XI (1909–1965)[1]
  • Ichikawa Danjūrō XII (1946–2013)[1]

Veja tambémEditar

 
Brasão (mon) da família Ichikawa.


ReferênciasEditar

  1. a b c d e f g h Nussbaum, Louis Frédéric (2002). "Ichikawa Danjuro" no livro "Japan Encyclopedia". Cambridge, Massachussetts: The Belknap Press of Harvard University. pp. p. 369. ISBN 0-674-00770-0 
  2. Edelson, Loren (2009). Danjuro Girls: Women on the Kabuki Stage. [S.l.]: Palgrave Macmillian. pp. p 200. ISBN 978-1-349-37599-8 
  3. Scott, A.C. (1999). The Kabuki Theatre of Japan. [S.l.]: Dover Publications, Inc. pp. p. 159. ISBN 0-486-40645-8 
  4. Leiter, Samuel (2006). Historical Dictionary of Japanese Traditional Theatre. [S.l.]: The Scarecrow Press, Inc. pp. p. 145. ISBN 0-8108-5527-5 
  5. a b c d e Leiter, Samuel (2002). A Kabuki Reader: History and Performance. [S.l.]: M.E Sharpe, Inc. pp. p. 255. ISBN 0-7656-0704-2 

ReferênciasEditar