Identificador de objeto

Em computação, um identificador de objeto ou IDO, do inglês object identifier (OID), é um identificador usado para nomear um objeto (comparar com URN).[1] Estruturalmente, um IDO consiste de um em um espaço de nomes atribuído hierarquicamente, formalmente definido usando o padrão ASN.1 do ITU-T, x.690. Números sucessivos de nós, começando na raiz da árvore, identificam cada nó na árvore. Projetistas configuram novos nós registrando-os sob a autoridade de registro de nós.[2] A raiz da árvore contem os três seguintes arcos:

Em programação de computador, um identificador de objeto geralmente toma a forma de um inteiro ou ponteiro específico de implementação que identifica unicamente um objeto. Entretanto, IDOs são uma abordagem específica para criação globalmente de identificadores de objeto únicos em um sistema distribuído.[3]

Referências


  Este artigo sobre computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.