Abrir menu principal

Eparquia Greco-Católica de Križevci

(Redirecionado de Igreja Greco-Católica Croata)

A Eparquia Greco-Católica de Križevci, anteriormente referida como Igreja Greco-Católica Croata ou Igreja Católica Bizantina Croata, é uma Igreja católica sui iuris de rito bizantino e de língua litúrgica o eslavo eclesiástico, servindo os católicos de rito bizantino no território da antiga Iugoslávia.

A Igreja Greco-Católica Croata, também muitas vezes referida simplesmente pela sua única eparquia (a Eparquia Greco-Católica de Križevci, criada em 1753), não é limitada ou voltada aos croatas, mas multi-étnica composta por croatas, rutenos, macedônios, romenos, sérvios e ucranianos. Desde da Guerra Civil Iugoslava, essa Igreja prefere ser referida como eparquia bizantina de Križevci, para não dar impressão de ser uma igreja nacional para croatas.

HistóriaEditar

Essa Igreja oriental, tem origem na fuga de alguns fieis Igreja Ortodoxa, fugindo dos conflitos balcânicos e colocando-se sob proteção do Império Austro-Húngaro. Em 1611 o Bispo latino de Zagreb nomeou um vigário para ser missionário entre os ortodoxos refugiados. Em 1646, alguns padres bizantinos da Eparquia Rutena de Mukačevo (ou Mukachevo) vieram trabalhar nessa área e concretizou a União de Uzhorod, que deu origem à Igreja Greco-Católica Croata, à Igreja Greco-Católica Eslovaca e à Igreja Greco-Católica Rutena.

Após a dissolução da Iugoslávia, um exarcado apostólico foi criado na Sérvia e Montenegro, em 2002, para servir os católicos de rito bizantino desse país. Porém, apesar de não estar sujeito à Eparquia de Križevci (visto que é diretamente supervisionado pela Santa Sé), este exarcado apostólico continua a estar ligado à Igreja Greco-Católica Croata.

ActualmenteEditar

A maioria dos católicos na Croácia e na antiga Iugoslávia seguem o rito latino. Mas, mesmo assim, a Eparquia de Križevci possui 50 mil membros, dos quais somente quase sete mil estão na Croácia, mas está em declínio devido à emigração e à absorção ao rito latino. Possui paróquias, exarcados e comunidades na Croácia, Bósnia, República Sérvia, República da Macedônia, Eslovênia, Áustria, Hungria e Estados Unidos.

Desde 2009, o ruteno Nikola Kekić é o seu actual líder e eparca.

Ver tambémEditar


  Este artigo sobre catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.