Abrir menu principal

Igreja Nova (Alagoas)

Município brasileiro do estado de Alagoas

Igreja Nova é um município brasileiro do estado de Alagoas. Localiza-se a uma latitude 10º07'31" sul e a uma longitude 36º39'43" oeste, estando a uma altitude de 14 metros. Sua população estimada em 2004 era de 22 273 habitantes.

Município de Igreja Nova
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 16 de maio
Fundação 1928
Gentílico igreja-novense
Padroeiro(a) São João Batista
Prefeito(a) Verônica Dantas Lima e Silva (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Igreja Nova
Localização de Igreja Nova em Alagoas
Igreja Nova está localizado em: Brasil
Igreja Nova
Localização de Igreja Nova no Brasil
10° 07' 31" S 36° 39' 43" O10° 07' 31" S 36° 39' 43" O
Unidade federativa Alagoas
Mesorregião Leste Alagoano IBGE/2008[1]
Microrregião Penedo IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Penedo, Porto Real do Colégio, São Sebastião e Junqueiro
Distância até a capital 113 Km km
Características geográficas
Área 428,550 km² [2]
População 23 298 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 54,36 hab./km²
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,585 baixo PNUD/2000[4]
PIB R$ 161 807,273 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 854,50 IBGE/2008[5]

Possui uma área de 429,9 km².

HistóriaEditar

Igreja Nova é um dos municípios mais antigos do estado de Alagoas, e tem sua história ligada à exploração do rio São Francisco por pescadores saídos da cidade de Penedo que, por volta do século XIX, fundaram um povoado denominando-o de Ponta das Pedras e, em seguida, chamando-o de Oitizeiro. Logo foi erguida uma pequena capela em homeagem a São João Batista, até hoje padroeiro do município.

Em 1908, após o desmoronamento da capela, frades alemães se uniram aos moradores para construir um dos mais belos templos católicos de Alagoas, cujas badaladas de sinos são ouvidas a uma distância de 6 km, chamada Igreja Nova.

A povoação foi desmembrada de Penedo e teve seus limites fixados pela resolução 849, de 1880. As primeiras tentativas de elevar o povoado à vila (com leis de 1885 e 1889) não surtiram efeito. Em 1890, através do decreto 39, o processo se completou e a nova vila passa a se chamar Triunfo. Em 1892, foi conduzida à categoria de cidade, até uma nova lei suprimir a condição e anexá-la novamente a Penedo. Apenas em 1897 foi elevada à condição de cidade. O nome Igreja Nova, porém, só foi adotado em 1928.

EconomiaEditar

O município basicamente vive do setor agropecuário, por conta da sua localização e pela pequena população. É um dos maiores produtores de arroz do estado, com reconhecida importância no desenvolvimento da região ribeirinha do São Francisco. Além disso, desenvolve projetos de piscicultura em parceria com a Codevasf, que encontra no município um laboratório natural, no maior açude de Alagoas. Atualmente a agricultura do município tem sido profundamente alterada pelo setor sucroalcoolerio, a partir da usina Marituba, do Grupo Carlos Lyra, e pelo setor rizicultor industrial, através da UBA (Usina de Beneficiamento de Arroz), pertencente ao Grupo Santana [6][7].

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Reativação da UBA». Consultado em 8 de abril de 2015. Arquivado do original em 5 de abril de 2015 
  7. «Usina de beneficiamento de arroz reativada». Consultado em 8 de abril de 2015. Arquivado do original em 14 de abril de 2015 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.