Abrir menu principal

Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Militares

igreja
Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Militares
Interior do templo antes da restauração iniciada em 2017, ainda sem o douramento e as pinturas recuperados.
Geografia
País  Brasil
Região  Pernambuco
Local Recife

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Militares é um templo católico localizado na cidade do Recife, capital de Pernambuco, Brasil.[1]

HistóriaEditar

De acordo com os registros históricos, os militares do Terço da vila de Santo Antônio do Recife (oficiais, sargentos e praças dos Corpos de Fuzilamento e Cavalaria), no dia 19 de março de 1725, solicitaram a criação de uma Irmandade dos Militares, bem como a construção de uma igreja que fosse sua, sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição. Há indícios, porém, de que a edificação do templo foi iniciada antes disso, no ano de 1710, com obras encerradas em 1771.[1][2]

De autoria do "mascate" Antônio Fernandes de Matos, a igreja tem fachada severa, que contrasta com seu interior todo decorado. Sem adro na frente, pode passar despercebida apesar de sua cantaria pesada com uma só torre e frontão rococó. A talha barroca toma conta de todas as paredes, incluindo a abóbada em barrete de padre na capela-mor. Sob o forro do coro há uma pintura descrevendo a Batalha dos Guararapes, realizada por ordem do governador José César de Meneses, e atribuída a João de Deus Sepúlveda. A pintura central da Virgem é atribuída a José Rabelo Gonçalves.[1]

Em uma minuciosa obra de restauração iniciada em 2017, foram recuperados o douramento e as pinturas de todo o templo.[3][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Igreja Nossa Senhora da Conceição dos Militares». Acervo Digital da Unesp. Consultado em 9 de março de 2017 
  2. «Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Militares, Recife». Fundaj. Consultado em 9 de março de 2017 
  3. «Igreja de Nossa Senhora da Conceição dos Militares passa por restauração». G1. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  4. «Arte barroca-rococó está de volta à Igreja Conceição dos Militares». Jornal do Commercio. Consultado em 13 de dezembro de 2019