Igreja de Santa Maria do Castelo (Torres Vedras)

igreja em Torres Vedras, Portugal
Igreja de Santa Maria do Casteloː vista panorâmica.
Igreja de Santa Maria do Casteloː alçado principal.
Igreja de Santa Maria do Casteloː alçado lateral.

A Igreja de Santa Maria do Castelo localiza-se na freguesia de Santa Maria, São Pedro e Matacães, no concelho de Torres Vedras, distrito de Lisboa, em Portugal.

Situa-se no recinto do Castelo de Torres Vedras.

HistóriaEditar

Foi construída na segunda metade do século XII, logo após a Reconquista da região (1148) pelas forças de Afonso I de Portugal (1143-1185).

Os seus pórticos apresentam os únicos trechos de arquitetura românica existentes no concelho, classificados em 1910 como "Monumento Nacional".

CaracterísticasEditar

Exemplar de arquitetura religiosa, em estilos românico e barroco.

O pórtico principal, de dupla arquivolta, mantém as impostas e os capitéis originais, decorados com ramos entrelaçados e pombas debicantes.

Nas ombreiras do portal lateral figuram duas epígrafes românicas. À direita, a inscrição funerária do mestre de pedraria que terá sido responsável pela construção do primitivo templo, e que reza: "Era de 1246, quando faleceu mestre Mendo, no quinto dia dos idos de outubro [11 de outubro de 1208]". À esquerda, uma inscrição hoje indecifrável, datada de 1250.

O conjunto tem a particularidade de possuir uma segunda torre sineira, contígua à da igreja. Nela está instalado, desde o século XVI, o relógio do concelho, cujos toques continuam, ainda hoje, a guiar o quotidiano dos habitantes. Durante o terramoto de 1 de novembro de 1755 a torre do relógio abateu-se sobre a igreja, mas o mecanismo - que já existia em 1596 - saiu ileso, tendo a torre sido reedificada entre 1763 e 1764.

Ver tambémEditar


  Este(a) artigo sobre capela, igreja ou catedral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.