Abrir menu principal

Igreja do Convento Santo António da Lourinhã

igreja na Lourinhã
Igreja do Convento Santo António da Lourinhã
Igreja do Convento Santo António da Lourinhã
Igreja do Convento Santo António da Lourinhã

A Igreja do Convento de Santo António da Lourinhã ou Convento Santo António da Lourinhã situa-se na freguesia da Lourinhã, na vila da Lourinhã, em Portugal. Situado na parte baixa da vila, o ex-convento de frades recoletos, da ordem franciscana, é um edifício começado a construir em 1601, em estilo clássico.

HistóriaEditar

O convento era inicialmente constituído por uma pequena igreja, e em 17 de Novembro de 1601, iniciaram-se obras de ampliação que se prolongaram por vários anos, devido à grandeza e volume do edifício e às dificuldades monetárias dos frades.

É classificado como Monumento Nacional desde 1910.

CaracterísticasEditar

Possui um pequeno claustro, de dois pisos, com colunas que sustentam capitéis da ordem toscana. O claustro inferior possuía um lambril de azulejos dos primeiros anos do Século XVIII, representando meninos com cabazes de flores à cabeça, que ainda se podem admirar numa das paredes, estando nas restantes réplicas mandadas fazer a quando do último restauro.

A igreja, de uma só nave, tem sofrido grandes restauros que a desfiguraram, especialmente na sua fachada.

A capela-mor é separada do corpo da igreja, por um duplo arco sustentado por pilastras da ordem toscana.

A nave, de abóbada de berço possui um largo silhar de azulejos, da segunda metade do Século XVIII, de albarrada.

As paredes da capela-mor são forradas com painéis de azulejos figurativos, azuis e brancos, do Século XVIII, época da construção do retábulo do altar-mor e dos altares laterais.

No lado do Evangelho, abre-se em arco renascentista o túmulo de D. Brás Henriques, mandado construir pela sua viúva, D. Brites Brandoa e sob risco do arquitecto régio Pedro Nunes Tinoco.

Ao fundo da nave, no lado da epístola, a pequena capela mandada erigir em 1714, conforme consta numa cartela, pelo Padre João Nunes Franco, Beneficiado da Matriz, para seu jazigo. O retábulo do altar e em mármore florentino e a revestir o altar e as paredes dois painéis de azulejos com cenas de milagres de Santo António, do ciclo dos mestres e atribuídos ao mestre que costumava deixar apenas as iniciais P.M.P.

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Igreja do Convento Santo António da Lourinhã
Lourinhã Cultura, Património, Desporto, e outros no Concelho da Lourinhã  
Património Castelo da Lourinhã | Igreja do Convento Santo António da Lourinhã | Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo | Miradouro da Lourinhã | Igreja de Santa Maria do Castelo | Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã | Capela de Nossa Senhora dos Anjos | Igreja São Sebastião | Igreja de São Bartolomeu dos Galegos | Igreja do Espírito Santo do Moledo
Cultura Lourinhanosaurus | Museu da Lourinhã | Mestre da Lourinhã | Batalha do Vimeiro | Rádio Clube da Lourinhã | Jornal Alvorada
Desporto Estádio Municipal da Lourinhã | Sporting Clube Lourinhanense | Hóquei Clube da Lourinhã
Turismo Praia do Areal | Praia da Areia Branca | Praia do Caniçal | Praia de Paimogo | Praia da Peralta | Praia de Porto das Barcas | Praia do Porto Dinheiro | Praia de Vale Frades | Praia de Valmitão | Praia de Zimbral | Planalto das Cezaredas | Grutas de São Bartolomeu | Parque da Fonte Lima
  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.