Igreja do Convento Santo António da Lourinhã

igreja na Lourinhã
Igreja matriz da Lourinhã
Igreja Matriz da Lourinhã.jpg
Apresentação
Tipo
Estatuto patrimonial
Monumento Nacional (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas

A Igreja do Convento de Santo António da Lourinhã ou Convento Santo António da Lourinhã situa-se na freguesia da Lourinhã, na vila da Lourinhã, em Portugal. Situado na parte baixa da vila, o ex-convento de frades recoletos, da ordem franciscana, é um edifício começado a construir em 1601, em estilo clássico.

Igreja do Convento Santo António da Lourinhã
Igreja do Convento Santo António da Lourinhã
Igreja do Convento Santo António da Lourinhã

HistóriaEditar

O convento era inicialmente constituído por uma pequena igreja, e em 17 de Novembro de 1601, iniciaram-se obras de ampliação que se prolongaram por vários anos, devido à grandeza e volume do edifício e às dificuldades monetárias dos frades.

É classificado como Monumento Nacional desde 1910.

CaracterísticasEditar

Possui um pequeno claustro, de dois pisos, com colunas que sustentam capitéis da ordem toscana. O claustro inferior possuía um lambril de azulejos dos primeiros anos do Século XVIII, representando meninos com cabazes de flores à cabeça, que ainda se podem admirar numa das paredes, estando nas restantes réplicas mandadas fazer a quando do último restauro.

A igreja, de uma só nave, tem sofrido grandes restauros que a desfiguraram, especialmente na sua fachada.

A capela-mor é separada do corpo da igreja, por um duplo arco sustentado por pilastras da ordem toscana.

A nave, de abóbada de berço possui um largo silhar de azulejos, da segunda metade do Século XVIII, de albarrada.

As paredes da capela-mor são forradas com painéis de azulejos figurativos, azuis e brancos, do Século XVIII, época da construção do retábulo do altar-mor e dos altares laterais.

No lado do Evangelho, abre-se em arco renascentista o túmulo de D. Brás Henriques, mandado construir pela sua viúva, D. Brites Brandoa e sob risco do arquitecto régio Pedro Nunes Tinoco.

Ao fundo da nave, no lado da epístola, a pequena capela mandada erigir em 1714, conforme consta numa cartela, pelo Padre João Nunes Franco, Beneficiado da Matriz, para seu jazigo. O retábulo do altar e em mármore florentino e a revestir o altar e as paredes dois painéis de azulejos com cenas de milagres de Santo António, do ciclo dos mestres e atribuídos ao mestre que costumava deixar apenas as iniciais P.M.P.

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Igreja do Convento Santo António da Lourinhã
Lourinhã Cultura, Património, Desporto, e outros no Concelho da Lourinhã  
Património Castelo da Lourinhã | Igreja do Convento Santo António da Lourinhã | Forte de Nossa Senhora dos Anjos de Paimogo | Miradouro da Lourinhã | Igreja de Santa Maria do Castelo | Santa Casa da Misericórdia da Lourinhã | Capela de Nossa Senhora dos Anjos | Igreja São Sebastião | Igreja de São Bartolomeu dos Galegos | Igreja do Espírito Santo do Moledo
Cultura Lourinhanosaurus | Museu da Lourinhã | Mestre da Lourinhã | Batalha do Vimeiro | Rádio Clube da Lourinhã | Jornal Alvorada
Desporto Estádio Municipal da Lourinhã | Sporting Clube Lourinhanense | Hóquei Clube da Lourinhã
Turismo Praia do Areal | Praia da Areia Branca | Praia do Caniçal | Praia de Paimogo | Praia da Peralta | Praia de Porto das Barcas | Praia do Porto Dinheiro | Praia de Vale Frades | Praia de Valmitão | Praia de Zimbral | Planalto das Cezaredas | Grutas de São Bartolomeu | Parque da Fonte Lima
  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.