Igrejas domésticas

(Redirecionado de Igreja domiciliar)
Projeção isométrica da igreja doméstica de Dura Europo, na Síria

Igrejas domésticas são locais de culto cristãos dispostos em casas.

OrigensEditar

Na igreja primitiva, por causa da perseguição aos cristãos no Império Romano, o uso de residências como local de culto é usual, como visto nas epístolas de Paulo de Tarso, como a casa da família de Narciso (Romanos 16:11) ou a casa de Priscila e Áquila (Romanos 16:5; I Coríntios 16:19), no Aventino, onde está hoje a igreja de Prisca.[1] Este foi o caso até a legalização do cristianismo pelos imperadores Constantino I e Licínio em abril de 313 com o Edito de Milão.[2]

Durante o século III, as igrejas domésticas eram a principal forma de organização da nascente igreja cristã. Algumas delas foram doadas à Igreja pelos proprietários e ficaram conhecidas como tituli, um termo que está na origem dos modernos títulos cardinalícios. No século IV, já eram vinte e cinco[3] e a eles provavelmente se juntavam outras muitas igrejas domésticas privadas.

HistóriaEditar

Durante os séculos 20 e 21, em alguns países do mundo que aplicam a xaria ou o comunismo, as aprovações governamentais são complexas. [4][5][6] Por causa da perseguição aos cristãos, as igrejas domésticas evangélicas desenvolveram. [7] Por exemplo, existem movimentos evangélicos de igrejas domésticas chinesas. [8] As reuniões acontecem em casas particulares, em segredo e em "ilegalidade". [9]

Referências

  1. Philip Carrington, The Early Christian Church: Volume 1, The First Christian Century, Cambridge University Press, UK, 2011, p. 41-42
  2. George Thomas Kurian, Mark A. Lamport, Encyclopedia of Christianity in the United States, Volume 5, Rowman & Littlefield, USA, 2016, p. 1142
  3. Vários autores, Lineamenti di storia dell'architettura, Sovera, Roma 2007, pag. 157
  4. Erwin Fahlbusch, Geoffrey William Bromiley, The Encyclopedia of Christianity, Volume 4, Wm. B. Eerdmans Publishing, USA, 2005, p. 163
  5. Yves Mamou, Yves Mamou: «Les persécutions de chrétiens ont lieu en majorité dans des pays musulmans», lefigaro.fr, França, 20 de março de 2019
  6. Wesley Rahn, In Xi we trust - Is China cracking down on Christianity?, dw.com, Alemanha, 19 de janeiro de 2018
  7. Allan Heaton Anderson, An Introduction to Pentecostalism: Global Charismatic Christianity, Cambridge University Press, UK, 2013, p. 104
  8. Brian Stiller, Evangelicals Around the World: A Global Handbook for the 21st Century, Thomas Nelson, USA, 2015, p. 328
  9. Mark A. Lamport, Encyclopedia of Christianity in the Global South, Volume 2, Rowman & Littlefield, USA, 2018, p. 364

Ligações externasEditar