Igreja porta aberta cristã

igreja em França
Igreja porta aberta cristã
Culto em 2017
Orientação Evangélica e carismática
Fundador Suzanne e Jean Peterschmitt
Origem 1966
Localização Mulhouse, França
Número de membros 2,200
Página oficial porte-ouverte.com

Igreja porta aberta cristã (em francês: Église Porte ouverte chrétienne) é uma mega-igreja evangélica carismática situada em Mulhouse, França. Ela é afiliada à Federação das Igrejas do Evangelho Pleno na Francofonia, membro do Conselho Nacional de Evangélicos da França. O pastor sênior é Samuel Peterschmitt.

HistóriaEditar

 
Edifício da Igreja porta aberta cristã

A igreja foi fundada oficialmente em 1966 por Suzanne e Jean Peterschmitt em Mulhouse. [1] Em 1972, a igreja tinha entre 60 e 80 membros.[2] Ela mudou suas instalações para Pfastatt, um subúrbio de Mulhouse. Em 1987, Samuel Peterschmitt sucedeu seu pai como pastor sênior da igreja.[3]

Nesse mesmo ano, instalam-se em um antigo supermercado em Mulhouse, com capacidade para 600 pessoas.[4] Em 1989, uma nova sala em Bourtzwiller (Mulhouse), e pôde acomodar 1.500 pessoas.[5] Em 1995, o santuário é ampliado para uma capacidade de 1.900 lugares.[6] Em 2005, a assistência da igreja é de 1.500 pessoas.[7][8]

Em 2015, a igreja está expandindo seu prédio para uma capacidade de 2.500 vagas.[9][10] Em 2017, a igreja teria 2.200 membros.[11] Igrejas parceiras foram abertas em Estrasburgo, Reims, Kourou, Draveil, Le Boulou e Cayenne.[12]

Pandemia de COVID-19Editar

Uma evento de uma semana organizado pela igreja em fevereiro de 2020 em Mulhouse e com a participação de cerca de 2.000 fiéis tornou-se um evento significativo na disseminação do novo coronavírus na França.[13] Os participantes espalharam o vírus para outras regiões do país, além da Córsega, Guiana Francesa, Suíça, Bélgica e Alemanha.[14]

A igreja foi culpada pela disseminação do vírus na França, e o pastor e outros membros relataram ter recebido ameaças. Estes justificam-se que no momento o governo não havia estabelecido normas de segurança ou barreiras sanitárias.[15] Apesar de quase todos os frequentadores do evento terem sido infectados, algumas autoridades da saúde consideram plausível que outras pessoas em Mulhouse, antes mesmo do evento evangélico, pudessem estar infectadas e espalhar o coronavírus; o evento então ampliou sua propagação.[16]

Referências

  1. Sébastien Fath, Dieu XXL, la révolution des mégachurches, Édition Autrement, França, 2008, p. 151
  2. Laurent Amiotte-Suchet, Jean-Paul Willaime, GSRL, hal.archives-ouvertes.fr, La pluie de l’Esprit - Étude sociologique d’une assemblée pentecôtiste mulhousienne - Mission du Plein Évangile. La Porte ouverte chrétienne, França, 2004
  3. Francis Messner, Anne-Laure Zwilling, Formation des cadres religieux en France: une affaire d'Etat?, Labor et Fides, França, 2010, p. 96
  4. Patrice de Plunkett, Les évangéliques à la conquête du monde, Éditions Perrin, França, 2009, p. 161
  5. Sébastien Fath, Dieu XXL, la révolution des mégachurches, Édition Autrement, França, 2008, p. 151
  6. Patrice de Plunkett, Les évangéliques à la conquête du monde, Éditions Perrin, França, 2009, p. 161
  7. Sébastien Fath, Du ghetto au réseau: Le protestantisme évangélique en France, 1800-2005, Édition Labor et Fides, França, 2005, p. 221
  8. Franck Poiraud, Les évangéliques dans la France du XXIe siècle, Editions Edilivre, France, 2007, p. 102
  9. Anne Ducellier, Une église évangélique de 7000 m² inaugurée à Mulhouse, lalsace.fr, França, 10 de maio de 2015
  10. AFP, Une «megachurch» évangélique inaugure ses locaux agrandis à Mulhouse, leprogres.fr, França, 09 de maio de 2015
  11. Warren Bird, World Megachurches, leadnet.org, USA, acessado em 23 de julho de 2018
  12. Patrice de Plunkett, Les évangéliques à la conquête du monde, Éditions Perrin, França, 2009, p. 162
  13. Fernandes, Daniela (12 de março de 2020). «O encontro religioso que acelerou as contaminações por coronavírus na França». BBC News Brasil. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  14. «Evento fechado em igreja evangélica espalha coronavírus por toda a França». noticias.uol.com.br. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  15. Mondoloni, Matthieu (10 de maio de 2020). «Coronavirus : les membres de l'église évangélique de Mulhouse toujours sous la pression des menaces». www.franceinter.fr (em francês). Consultado em 5 de setembro de 2020 
  16. «Coronavirus : le nombre de cas au rassemblement évangélique de Mulhouse largement sous-estimé». www.franceinter.fr (em francês). 28 de março de 2020. Consultado em 5 de setembro de 2020 

Ligações externasEditar