Abrir menu principal

Sé suburbicária

(Redirecionado de Igreja suburbicária)

Sés suburbicárias (ou dioceses suburbicárias) são as sete dioceses cardinalícias localizadas em torno de Roma, na região do Lácio. São reservadas aos cardeais-bispos. A palavra compõe-se de sub (abaixo, no sentido de ligação direta e próxima) e urb (a cidade, por antonomásia, Roma, a diocese central do catolicismo).

São sete:

  1. Óstia
  2. Porto-Santa Rufina
  3. Albano
  4. Frascati
  5. Palestrina
  6. Sabina-Poggio Mirteto
  7. Velletri-Segni

Cada cardeal-bispo é nomeado bispo titular de cada uma dessas dioceses, embora normalmente tenha um bispo ordinário responsável por sua direção. A Sé de Ostia é conferida ao deão (decano) do Colégio dos Cardeais, escolhidos pelos seis demais e com a aprovação do papa (originalmente era o mais antigo cardeal-bispo).

Após o motu proprio do Papa João XXIII, denominado Suburbicariis sedibus, seis dessas dioceses passaram a ter seus próprios bispos substantivos (ou ordinários), com exceção de Óstia, que foi unida à diocese de Roma e é administrada pelo cardeal vigário de Roma.

Até 1962, os bispos destas dioceses exerciam efetiva jurisdição sobre sua sede. Após o motu proprio do papa João XXIII, o governo foi atribuído a um bispo auxiliar, deixando ao cardeal-bispo apenas o título necessário.[1]

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

  1. HABERMAN, CHARLES G. et alli (eds); Catholic Encyclopaedia, New York:Robert Appleton Company, 1913, "Suburbicarian Dioceses"

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.