Ilha Hans

Ilha Dinamarquesa/Canadiana

A Ilha Hans (língua groenlandesa/Inuktitut: Tartupaluk, em inuktitut: ᑕᕐᑐᐸᓗᒃ, dinamarquês: Hans Ø, em francês: Île Hans) é uma pequeníssima (1,3 km²) e desabitada ilha, situada aproximadamente em 80º49'41N, 66º38'46W, no centro do canal de Kennedy do estreito de Nares — o estreito que separa a ilha Ellesmere, Canadá, do norte da Gronelândia, e que liga a baía de Baffin com o Mar de Lincoln. A ilha Hans é a menor das três ilhas do canal de Kennedy, sendo as outras a ilha Franklin e a ilha Crozier.

Ilha Hans
Tartupaluk, ᑕᕐᑐᐸᓗᒃ, Île Hans, Hans Ø
Fotografia da ilha Hans
Ilha Hans está localizado em: Gronelândia
Ilha Hans
Localização no estreito de Nares
Coordenadas: 80° 49' 41" N 66° 38' 46" O
Geografia física
Países Gronelândia ( Dinamarca)
 Canadá
Localização Estreito de Nares
Área 1,3  km²
Geografia humana
População 0
Nares strait border (Kennedy channel).png
Localização da Ilha Hans no estreito de Nares

A ilha é parte do território Inuit de caça desde pelo menos o século XIV.[1]

A soberania sobre a ilha é atualmente disputada entre o Canadá e a Dinamarca.[2] A disputa é, por sua vez, um teste sobre a validade das reclamações de soberania sobre o Ártico, e por outro lado, uma tentativa de ambos os países de assegurar o controlo da potencial Passagem do Noroeste, no caso de esta chegar a abrir-se para a navegação devido ao aquecimento global. Em 1933, o Tribunal Permanente de Justiça Internacional declarou o estatuto legal em favor da Dinamarca, e esta reclama estudos geológicos que demonstram que a ilha Hans integra a Gronelândia.[3] Em 1972, uma equipa composta por pessoal do Serviço Hidrográfico Canadiano e pessoal dinamarquês que trabalhava no estreito de Nares determinou as coordenadas geográficas da Ilha Hans. Durante as negociações entre o Canadá e a Dinamarca sobre a sua fronteira marítima em 1973, ambos os Estados afirmaram que a Ilha Hans fazia parte do seu território. Não foi alcançado um acordo entre os dois governos sobre o assunto.

A fronteira marítima imediatamente a norte e a sul da ilha Hans foi estabelecida no tratado da plataforma continental ratificado pela Gronelândia e Canadá e depois submetida às Nações Unidas em 17 de dezembro de 1973, em vigor desde 13 de março de 1974. Na altura, era o tratado de fronteira mais longo alguma vez negociado e pode ter sido o primeiro limite de sempre de uma plataforma continental desenvolvido por computador.

Referências

  1. «Whose Hans?». Canadian Geographic. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2013 
  2. McKernan, Bethan (13 de novembro de 2015). «Canada and Denmark are locked in an adorable war». i100.co.uk. Consultado em 14 de novembro de 2015 [ligação inativa] 
  3. Andrew T.H. Tan (ed.). The Politics of Maritime Power: A Survey (em inglês). [S.l.]: Routledge Taylor & Francis Group. p. 186. Consultado em 23 de fevereiro de 2019