Ilhas do Estreito de Torres

[1]

Torres Strait Islands
Ilhas do Estreito de Torres
[[Ficheiro:
Nuvola Torres Strait Islander flag.svg
|125px|Bandeira de Ilhas do Estreito de Torres]]
[[Ficheiro:|85px|center|Brasão de Ilhas do Estreito de Torres]]
Bandeira Brasão
Hino nacional: Advance Australia Fair
Gentílico: Nativos do Estreito deTorres

Localização de Ilhas do Estreito de Torres

Localização das Ilhas do Estreito de Torres, entre a Península do Cabo York (Queensland, Austrália) e a Papua Nova Guiné
Capital Ilha Thursday
Língua oficial Inglês; idiomas locais importantes: Kalau Lagau Ya, Meriam Mir, crioulo do Estreito de Torres
Governo Região Autônoma (estabelecida em 1 de julho de 1994)
 - Rainha Elizabeth II
 - Presidente Joseph Elu
 - Diretor Executivo Wayne See Kee
Área  
 - Total 1000 km² 
População  
 - Censo 2016 4514 hab. 
Moeda Dólar Australiano (AUD)
Cód. Internet .au
Ilhas do estreito de Torres

As Ilhas do Estreito de Torres são um grupo de mais de 100 ilhas localizadas no estreito de Torres, entre a Austrália e a Nova Guiné e consideram-se parte da Melanésia.

As ilhas são parte do estado de Queensland e têm o seu centro administrativo na ilha Thursday, que foi o primeiro território da Austrália que o capitão James Cook reclamou para a Grã-Bretanha, em 1770. Os habitantes indígenas destas ilhas são culturalmente mais próximos dos povos da costa da Nova Guiné do que dos aborígenes australianos.

Foi na Ilha Murray, neste arquipélago, que nasceu Eddie Mabo, que levou ao Supremo Tribunal da Austrália o seu caso, a partir do qual se passou a reconhecer aos habitantes indígenas da Austrália o direito à posse da terra que era das suas comunidades antes da chegada dos europeus.

De acordo com o censo de 2001, a população das ilhas do Estreito de Torres era de 8.089 habitantes, entre os quais 6.214 eram ou “indígenas das ilhas do Estreito de Torres” ou aborígenes australianos.

  1. «Torres Strait Islands». Wikipedia (em inglês). 12 de junho de 2020