Império do Mali

O Império do Mali (Mandinga: Nyeni ou Niani. Ou também Manden Kurufaba ou historicamente Manden) foi um império pré-colonial africano, da época da Idade Média, existente entre 1235 e 1670, na região de Manden, nos atuais Mali, Serra Leoa, Senegal, Gâmbia, Guiné e sul do Saara Ocidental. Este Império foi um dos mais poderosos da historia da humanidade, sendo uma das maiores potências da Idade Média, além de um dos mais ricos em ouro e pedras preciosas. O Império é considerado o mais rico de toda a historia africana. Foi fundado por Sundiata Queita, sendo o império mais poderoso do Saara Ocidental durante muitos anos, expandindo a língua mandinga, as leis e costumes de seu povo.

Império do Mali
1235 — ca. 1610 
Mapa mali-pt.svg
Império do Mali em seu zênite
Região
Capital
Países atuais

Línguas oficiais Mandinga
Religião Animismo e Islamismo

Mansa
• 1235–1255  Sundiata Queita
• ca. século XVII  Mamude IV

Período histórico
• 1235  Fundação
• ca. 1610  Dissolução

O império começou como um pequeno reino Mandinga na parte superior do rio Níger, centrado em torno da cidade de Niani. Durante os séculos XI e XII, começou a se desenvolver como um império após o declínio do Império de Gana ao norte. Durante esse período, as rotas comerciais mudaram para o sul, para a savana, estimulando o crescimento de estados como o Estado de Bono.[1] A história inicial do Império do Mali (antes do século XIII) não é clara, pois existem relatos conflitantes e imprecisos tanto de cronistas árabes quanto de tradicionalistas orais. Sundiata Queita é o primeiro governante para o qual há informações escritas precisas (por meio de Ibne Caldune). Sundiata Queita foi um príncipe-guerreiro da dinastia Queita que foi chamado para libertar o povo do Mali do domínio do rei do Império do Sosso, Sumaoro Kante, na Batalha de Kirina. A conquista do Sosso em 1235 deu ao Império do Mali acesso às rotas comerciais trans-saarianas.[2]

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre História da África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Davidson, Basil (29 de outubro de 2014). West Africa before the Colonial Era: A History to 1850 (em inglês). [S.l.]: Routledge 
  2. Welle (www.dw.com), Deutsche. «Sundiata Keita: O lendário "Rei Leão" que governou o Império do Mali | DW | 13.06.2018». DW.COM. Consultado em 19 de dezembro de 2020