Abrir menu principal

Imperial Ordem de Sant'Iago da Espada

antiga ordem honorífica brasileira
Imperial Ordem de Sant'Iago da Espada

Imperial Ordem de Sant'Iago da Espada foi uma ordem honorífica brasileira, originada a partir da portuguesa Ordem de Santiago da Espada, a qual por sua vez remonta à medieval Ordem de Santiago. "Nacionalizada" por D. Pedro I logo após a Independência, essa ordem já seguia a reformulação proposta por D. Maria I, a qual lhe recomendava à magistratura. Todavia, enquanto em Portugal a ordem se consolidou como um mérito à literatura, ciência e arte, no Brasil foi concedida quase que exclusivamente a militares, tanto por D. Pedro I quanto por D. Pedro II. Depois da Imperial Ordem de Pedro I, foi a ordem honorífica brasileira que teve menos galardoados.

A chancelaria que cuidava dos registros da ordem pertencia ao Ministério do Império. Destituiu-se seu caráter religioso por meio de decreto de 9 de setembro de 1843. Foi extinta após a proclamação da República, juntamente com a maioria das ordens imperiais.

CaracterísticasEditar

InsígniaEditar

Grã-cruz

Fita e bandaEditar

De cor púrpura, com duas orlas douradas.

GrausEditar

  • Grã-cruz
  • Dignitário
  • Comendador
  • Oficial
  • Cavaleiro

BibliografiaEditar

  • POLIANO, Luís Marques. Heráldica. Ed. GRD. Rio de Janeiro, 1986.
  • POLIANO, Luís Marques. Ordens honoríficas do Brasil.

Ver tambémEditar