Impressão Régia (Rio de Janeiro)

filial do Rio de Janeiro da editora régia da Coroa Portuguesa

Impressão Régia foi a primeira editora instalada no Brasil, então parte do Império Português.

Decreto real de D. João VI criando o serviço de impressão (Fonte: Código Brasiliense, vol. I, pág. 77, impresso pela Impressão Régia em 1817.)

HistóriaEditar

Foi criada na cidade do Rio de Janeiro, em consequência da transferência da família real portuguesa para o Brasil,[1] por decreto datado de 13 de maio de 1808,[2] constituindo-se como filial da Impressão Régia existente em Lisboa desde 1768.[3] A sua primeira publicação foi a Gazeta do Rio de Janeiro, órgão oficial da corte, publicando também o jornal O Patriota, publicado entre 1813 e 1814.[4] Após a independência, deu origem à Tipografia Nacional e, posteriormente, à Imprensa Nacional brasileira.

Referências

  1. Publicados no Brasil Caderno História - Jornal Gazeta do Povo - edição de 24 de abril de 2011
  2. Impressão Régia Arquivo Nacional. Acesso em 31 de dezembro de 2014
  3. «História da Imprensa Nacional - INCM». www.incm.pt. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  4. «"O Patriota" completa dois séculos de criação em janeiro de 2013». Site Imprensa Nacional da Casa Civil da Presidência da República. Consultado em 1 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 20 de dezembro de 2014