Inequação simultânea

Uma inequação simultânea é toda inequação na forma sendo que corresponde a ou Cada função representa um polinômio, e a disposição destes sempre é feita em ordem crescente.

ResoluçãoEditar

Sua resolução é obtida de duas formas

DecomposiçãoEditar

Decompõe-se a inequação em duas inequações mais simples, resolve-as separadamente e separa-se os valores que se interceptam:

 

 

 

 

ExemploEditar

 

 

 

 

Resolução simultâneaEditar

Neste método, não se decompôe a inequação. Ao contrário, soma-se, subtrae-se, multiplica-se ou divide-se a inequação por valores escolhidos para que   Para a maioria dos casos, este método é mais difícil ou até inviável.

ExemploEditar

  •  
  •  

Outras inequações simultâneasEditar

Logicamente, não é necessário que cada termo da inequação seja uma inequação do 1º grau ou que a inequação só tenha três termos. Podemos ter a seguinte inequação:

 

Nestes casos, resolve-se as inequações separadamente e por métodos diferentes.

BibliografiaEditar

  • Iezzi, Gelson; Murakami, Carlos (2004). Fundamentos da Matemática Elementar. 1 8 ed. São Paulo: Atual. ISBN 85-357-0455-8 

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre matemática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.