Abrir menu principal

Inesperado amor

filme de 1999 dirigido por Leopoldo Laborde
(Redirecionado de Inesperado Amor)
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Inesperado Amor
Amor Inesperado (BRA)
 México
1999 •  cor •  98 min 
Direção Leopoldo Laborde
Roteiro Daniel Galindo
Elenco Anahí
José Joel
Dulce María
Ruth Carrillo
Roberto Trujillo
José Elías Moreno
Ingrid Martz
Género Drama
Lançamento 7 de setembro de 1999
Idioma espanhol
Página no IMDb (em inglês)

Inesperado Amor é um filme mexicano de drama dirigido por Leopoldo Laborde e estrelado por Anahí e José Joel.

SinopseEditar

Nas férias de verão da escola, Ana (Anahí) e sua amigas decidiram ir para um acampamento, sem saber o que aconteceria. Ana então finge suicídio, até que Roberto, o monitor, a ajuda. No entanto Ana se apaixona por ele, e os dois começam a se paquerar. Ao voltar para casa, Ana vê que tudo foi como um simples namoro de acampamento, e quando vê que ele já não faz mais questão de sua companhia, fica triste e desiludida. Seu pai (José Elias Moreno) viúvo, se preocupa em ver sua única filha crescer e pede conselhos a Cecília, (Ingrid Martz) sua companheira, para saber como lidar e como tratar Ana. Mas foi em uma discoteca que eles voltaram a se encontrar. Ana vê Roberto ficando com outra garota e ele, ao vê-la, tenta disfarçar, se vendo na obrigação de recuperar sua confiança. Nesse tempo Ana conta com suas amigas, especialmente com Lorena (Dulce María), que a leva para o mundo das drogas e do álcool.[1]

ElencoEditar

Referências

  1. «Inesperado Amor». CineDica. Consultado em 23 de março de 2016