Inocentes de Maricá

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Inocentes de Maricá foi uma escola de samba de Maricá que participa do Carnaval de Niterói. Fundada em 20 de maio de 2003, tinha como comunidade base Condomínio Santa Paula, Inoã, São José do Imbassaí.

Inocentes de Maricá
Fundação 20 de maio de 2003 (19 anos)
Escola-madrinha União da Ilha[1]
Cores
Azul
Amarelo
Símbolo Dois colibris e cinco corações.
Bairro São José do Imbassaí

HistóriaEditar

A escola foi vice-campeã do grupo de acesso de Maricá em 2004, seu ano de estreia, se afastando dos desfiles nos dois anos seguintes e retornando aos desfiles em 2007, conquistou dessa vez o título do grupo de acesso, após ser fortemente aplaudida pelo público.[2], em 2008 foi campeã do grupo especial do município.

Para 2010, com a paralisação dos desfiles em Maricá, a escola passou a desfilar em Niterói, onde vigorava o grupo único[3], mas haveria naquele ano rebaixamento e criação de uma segunda divisão. Naquele ano, a escola sagrou-se vice-campeã do grupo principal.

Para 2011, a escola de Maricá trouxe o consagrado intérprete Nêgo.[4]

Para 2012, escolheu um enredo sobre as Olimpíadas. Seu carnaval seria novamente desenvolvido por Cláudio de Jesus, mas esse faleceu, e uma comissão de Carnaval deu prosseguimento ao seu trabalho, mas por fim a escola acabou por não desfilar.

Com a reativação do carnaval de Maricá, que passa a ser fora de época, a escola traz Bruno Ribas como seu novo cantor oficial.

CarnavaisEditar

Inocentes de Maricá
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref
2007 Campeã Acesso (Maricá) Cláudio de Jesus
Não desfilou nos anos de 2008 e 2009.
2010 Vice-Campeã Especial (Niterói) Aos Inocentes uma lenda o Pajé contou, que na pajelança Unhamangará em Mãe Terra se transformou
Compositores:Mr.“M” do Cavaco, Baby do Cavaco, Fanny Zereman, Bruno do Né e Jorge Cabral.
Cláudio de Jesus Ito Melodia [5]
2011 3º lugar Especial (Niterói) Do sagrado ao profano com o néctar dos deuses, a Inocentes da um porre de felicidade
(Compositores:Baby do Cavaco e Leonardo Mariano.)
Cláudio de Jesus Nêgo, Nego Lindo e Neguinho [4][6][7][8]
2012 Não desfilou Especial (Niterói) O sonho se torna verdadeiro... o Olimpo chega ao Rio de Janeiro Comissão de Carnaval
2018 Especial (Maricá) Madeleine Colaço e o ponto Brasileiro... Que deu samba Beth Morgado Bruno Ribas

Referências

  1. Lei Seca Maricá (10 de dezembro de 2017). «União da Ilha batiza Inocentes de Maricá em tarde de gala». Consultado em 12 de março de 2018 
  2. «Maricá já tem suas campeãs de 2007». Consultado em 16 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 7 de abril de 2014 
  3. O Batuque.com (10 de dezembro de 2009). «Niterói se prepara para o Carnaval 2010». Consultado em 24 de novembro de 2010 [ligação inativa]
  4. a b OBatuque.com. «Inocentes de Maricá apresenta Nêgo eapresenta Enredo 2011» [ligação inativa]
  5. O São Gonçalo (14 de fevereiro de 2010). «O 'couro vai comer' em Niterói». Consultado em 7 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2014 
  6. Paulo Victor Magalhães, para o São Gonçalo Online (27 de fevereiro de 2011). «Muita cerveja no Carnaval». Consultado em 1 de março de 2011. Arquivado do original em 3 de março de 2011 
  7. Elaine Chistofori, para O Fluminense (10 de março de 2011). «Sabiá quebra jejum e vence o Grupo Especial de Niterói». Consultado em 14 de março de 2011. Arquivado do original em 14 de março de 2011 
  8. Jornal Enter (10 de janeiro de 2011). «Inocentes de Maricá quer uma ala de Itaipuaçu». Consultado em 21 de janeiro de 2011 [ligação inativa]