Inostrancevia

Inostrancevia foi um terápsida Gorgonopsídeo ("cara de Gorgon") encontrado no rio Duína do Norte próximo de Arcangel na Rússia. Esse animal viveu há 245 milhões de anos e tinha um comprimento de pouco mais de 4 metros e um crânio de 45 centímetros. A maior parte do espécime (Inostrancevia alexandri) foi encontrado, exceto algumas costelas e vértebras menores.

Como ler uma infocaixa de taxonomiaInostrancevia
Ocorrência: Pérmico
Inostrancevia BW.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Synapsida
(sem classif.) Therapsida
Subordem: Gorgonopsia
Família: Gorgonopsidae
Género: Inostrancevia
Broom, 1925 ex Colbert, 1948
Espécies
Inostrancevia alexandri Amalitsky 1922
Inostrancevia latifrons Pravoslavelv, 1927
Inostrancevia uralensis Tatarinov, 1974
Inostrancevia vladimiri Pravoslavelv, 1927

Este animal era o maior membro dos gorgonopsianos, um grupo de répteis carnívoros semelhantes a mamíferos (Therapsida), com dentes alongados semelhantes aos caninos dos tigres-dente-de-sabre que existiram durante a Idade do Gelo. Os dentes frontais (incisivos) estavam disposto em arco de modo a suportar os caninos quando este agarrava e arrancava a carne. O Inostrancevia tinha uma mandíbula flexível e conseguia abrir a boca num ângulo alargado, semelhante ao do tigre-dentes-de-sabre.

Esqueleto dum Inostrancevia

EspéciesEditar

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre sinapsídeos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.