Abrir menu principal
IJF
Nome completo Instituto Doutor José Frota
Localização Rua Barão do Rio Branco, 1816, Fortaleza, Ceará,  Brasil
Fundação 13 de dezembro de 1932
Sistema de saúde SUS
Financiamento Prefeitura de Fortaleza
Tipo Público
Emergência Traumas de Alta Complexidade; Lesões Vasculares Graves; Queimaduras e Intoxicações.
Especialidades Traumatologia Neurocirurgia Emergencista Cirurgia Vascular Cirurgia Bucomaxilofacial Cirurgia Plástica Clínica Médica Anestesiologista Cirurgia Pediátrica Médico Intensivista Oftalmologia Otorrinolaringologia Endoscopia Digestiva Endoscopia Respiratória Cirurgião Dentista
Site http://www.fortaleza.ce.gov.br/
editar

O Instituto Dr. José Frota (IJF), hospital de nível terciário da rede de assistência à saúde da Prefeitura de Fortaleza/CE, integrado ao Sistema Único de Saúde (SUS), é referência regional no socorro às vítimas de traumas de alta complexidade, lesões vasculares graves, queimaduras e intoxicações. Funcionando em plantão 24 horas, o centro de urgência e emergência conta com equipes completas em mais de 20 especialidades médicas.

Criado em 1936, com o nome de Assistência Municipal de Fortaleza, teve sua denominação modificada para Instituto Dr. José Frota (IJF), em 1970, em homenagem ao seu ex-diretor, Dr. José Ribeiro da Frota. Atualmente, o IJF disponibiliza 461 leitos de internação à população, sendo 33 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), e 11 Salas Cirúrgicas. Com a ampliação das áreas de atendimento, por meio da construção do Anexo IJF 2, a unidade passará a contar com 664 leitos e 20 Salas Cirúrgicas, além dos serviços de Ressonância Magnética e Hemodinâmica.


MISSÃO

Promover assistência segura e de excelência a pessoas em situação de urgência e emergência, com foco no trauma e na alta complexidade, sendo hospital de ensino, pesquisa e orientador de políticas públicas.

VISÃO

Ser reconhecido internacionalmente como um complexo hospitalar quaternário de excelência, com foco no trauma e no desenvolvimento do ensino e da pesquisa.

VALORES DE CRENÇAS

- Compromisso: para o atendimento de excelência com foco na recuperação e reinserção de paciente.

- Segurança: primar pela segurança dos pacientes e colaboradores.

- Humanização: primar pela ética, respeito à pessoa humana e a integralidade das ações.

- Inovação: promover a melhoria contínua, técnica, científica e social com inovação e pioneirismo.

- Gestão participativa com transparência nas ações.

- Responsabilidade social e ambiental. - Ética.

PesquisaEditar

Em parceria com o Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará, o instituto vem pesquisando o uso de pele de tilápia no tratamento e recuperação de pacientes que sofreram queimaduras. Após a aprovação pela Anvisa, os testes em humanos começaram no segundo semestre de 2016, e dos 30 pacientes, 23 já haviam tido alta até novembro. [1][2][3]

Ligações externasEditar

Referências

  1. Nogueira, Edwirges (19 de novembro de 2016). «Em Fortaleza, hospital usa pele de tilápia como curativo para queimaduras». Agência Brasil. Consultado em 3 de março de 2017 
  2. Sussman, Nadia (2 de março de 2017). «Can tilapia skin be used to bandage burns?». STAT. Consultado em 3 de março de 2017 
  3. Prado, Verônica (11 de novembro de 2016). «Curativo de pele de tilápia é usado em 30 pacientes queimados no Ceará». G1. Consultado em 3 de março de 2017 
  Este artigo sobre um hospital ou uma instituição de saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.