Abrir menu principal

Instituto Escola de Contas e Capacitação Ministro Plácido Castelo (IPC)

ApresentaçãoEditar

O Instituto Escola de Contas e Capacitação Ministro Plácido Castelo IPC é uma unidade de apoio do Tribunal de Contas do Estado do Ceará(TCE-CE), criada em 1995, pela Lei Orgânica do Tribunal n° 12509/95. Sua principal finalidade é a promoção do aperfeiçoamento profissional, operacional e tecnológico dos servidores públicos do Estado do Ceará.

Seu nome é uma homenagem ao ex-Governador do Ceará e ex-Ministro desta Corte de Contas, Plácido Aderaldo Castelo, personalidade que muito atuou para o desenvolvimento do Estado do Ceará. Quando saiu do Tribunal de Contas para o Governo do Estado, Plácido Castelo determinou a compra, a reforma e a instalação do prédio da sede, onde até hoje funciona o TCE-CE.

Mediante a Resolução nº 2722/2007 do TCE-CE, foi implantado o Instituto Plácido Castelo e, em julho de 2008, após a conclusão de um moderno edifício-sede, iniciaram-se suas atividades. Como primeira iniciativa, foi realizado o Curso de Especialização em Direito Previdenciário, em nível de pós-graduação latu sensu, mediante convênio celebrado com a Universidade Estadual Vale do Acaraú, para servidores do Tribunal e de outros órgãos e entidades públicas.

Atribuições EspecíficasEditar

  • Promover e organizar cursos e treinamentos de aperfeiçoamento, como também cursos de pós-graduação lato e strico sensu, para os servidores do TCE e de seus jurisdicionados;
  • Desenvolver atividades de pesquisas e estudos sobre questões relacionadas com as técnicas de controle interno e externo da Administração Pública;
  • Promover e organizar simpósios, jornadas, seminários e outros eventos;
  • Produzir publicações relativas à sua missão e à do TCE-CE, tais como a Revista Controle, informativos, manuais e outros documentos;
  • Desenvolver programas visando ao aperfeiçoamento do controle social e da aplicação dos recursos públicos;
  • Apoiar a Assessoria de Comunicação do TCE-CE na realização de programas em emissoras públicas de rádio e televisão.


ProgramasEditar

  • Programa de Capacitação dos Servidores do TCE-CE

Realização sistemática de capacitações com o objetivo de promover o desenvolvimento dos servidores do TCE-CE, buscando a melhoria da qualidade das atividades de auditoria governamental realizadas pelo Tribunal.


  • Programa de Capacitação dos Jurisdicionados

Realização sistemática de capacitações com o objetivo de promover o desenvolvimento de técnicos e gestores dos órgãos jurisdicionados do TCE-CE, visando ao aperfeiçoamento do desempenho das atividades da administração pública estadual.


Tem por objetivo disseminar, no meio estudantil e da população em geral, a importância do controle social sobre as finanças públicas, mediante o estímulo ao acompanhamento e avaliação dos programas, projetos, atividades e ações governamentais.


  • Programa de Educação a Distância

Visa promover cursos a distância através de sítio na Internet, com conteúdo, exercícios, biblioteca virtual, fóruns de discussão, avaliações e acompanhamento de tutores. De forma complementar, também serão disponibilizados recursos de vídeo-conferência para as capacitações a distância.


  • Ciclo de Palestras

Realização de palestras sobre temas relativos à auditoria governamental e gestão pública para os servidores do TCE-CE e dos jurisdicionados, além da população em geral.


  • Prêmio Plácido Castelo (Concurso de Monografias e Redação)

Premiação, através de concursos nacionais de monografias e redação, de trabalhos relativos às temáticas: controle social, transparência, cidadania e o papel dos tribunais de contas.


  • Programa Consciência Ambiental

Realização de atividades de conscientização dos servidores do TCE-CE quanto ao respeito e à preservação do meio ambiente.


  • Programa Sexta Cultural

Exibição de filmes e documentários e manifestações artístico-culturais de servidores do TCE-CE.


Biblioteca Min. Raimundo GirãoEditar

  • Atribuição Geral:

Planejar, coordenar e controlar as atividades de informação vinculadas ao acervo bibliográfico, bem como, o acesso registrado em qualquer suporte, identificado com as atividades do Tribunal.

  • Atribuições Específicas:

Organização, controle e manutenção do acervo; Realização de procedimentos para aquisição de livros e assinaturas de periódicos; Orientação ao cliente com necessidade informações; Controle do empréstimo de publicações.


Ver tambémEditar

Ligações externasEditar