Abrir menu principal

Na lei canônica católica, um Interdito é uma censura eclesiástica, mais especificamente uma proibição que atinge certas pessoas ou grupos da Igreja tornando-se incapazes de participar de certos ritos, também pode significar que os ritos (sacramentos, missas etc.) e serviços eclesiásticos da igreja são banidos em certos territórios por um tempo limitado ou prolongado.[1]

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar