Abrir menu principal

Intifada de Março (em árabe: انتفاضة مارس) foi uma revolta que eclodiu em Bahrein em março de 1965. O levante foi liderado por grupos de esquerda, a Frente de Libertação Nacional - Bahrein pedindo o fim da presença britânica no Bahrein[1] e numerosos indivíduos notáveis participaram na insurreição, incluindo o ativista político do Wa'ad, Ali Rabea. [2] A revolta foi desencadeada pela demissão de centenas de trabalhadores baremitas no Bahrain Petroleum Company em 5 de março de 1965. Várias pessoas morreram nos confrontos, por vezes violentos entre manifestantes e a polícia.

Intifada de Março
Local Bahrain
Resultado Independência do Bahrein em 1971
Causas Demissão de centenas de trabalhadores da Bahrain Petroleum Company
Objetivos Acabar com a presença britânica no Bahrein
Características greves, manifestações, resistência civil
Participantes do conflito
Esquerdistas e estudantes Governo colonial do Bahrain

Referências