Iolanda Paleóloga de Monferrato

Iolanda Paleóloga de Monferrato (em italiano: Violante; Moncalvo, junho de 1318Chambéry, 24 de dezembro de 1342)[1][2] foi condessa consorte de Saboia, Aosta e Maurienne pelo seu casamento com Aimon de Saboia.

Iolanda
Representação das tumbas de Iolanda e Aimon na Abadia de Hautecombe.
Condessa de Saboia, Aosta e Maurienne
Reinado 1 de maio de 133024 de dezembro de 1342
Antecessor(a) Branca de Borgonha
Sucessor(a) Bona de Bourbon
 
Cônjuge Aimon de Saboia
Descendência Amadeu VI de Saboia
Branca, Senhora de Milão
João de Saboia
Catarina de Saboia
Luís de Saboia
Casa Paleóloga
Saboia
Nascimento junho de 1318
  Moncalvo, Marca de Monferrato (atual Piemonte, Itália)
Morte 24 de dezembro de 1342 (24 anos)
  Chambéry, Condado de Saboia (atual Saboia, França)
Sepultado em Abadia de Hautecombe
Pai Teodoro I de Monferrato
Mãe Argentina Spinola

FamíliaEditar

Iolanda foi a única filha, segunda e última criança nascida do marquês Teodoro I de Monferrato e de Argentina Spinola. Os seus avós paternos eram o imperador bizantino, Andrónico II Paleólogo e sua segunda esposa, Irene de Monferrato, também chamada de Iolanda. Os seus avós maternos eram Opicino Spinola, Capitão do Povo da República de Gênova e Iolanda de Saluzzo.

Ela teve um irmão mais velho, João II de Monferrato, marido de Isabel de Maiorca.

BiografiaEditar

Aos onze anos de idade, Iolanda casou-se com o conde Aimon, de trinta e oito, no dia 1 de maio de 1330, em Casale. Ele era filho de Amadeu V de Saboia e de Sibila de Bâgé. O casamento foi arranjado para selar a paz alcançada recentemente entre a família Monferrato e os condes de Saboia, com a condição de que os Saboia sucederiam a Marca de Monferrato se houvesse a extinção da linhagem masculina da Dinastia paleóloga.

Durante os primeiros quatro anos de casamento, Iolanda não engravidou, apesar de o casal ter feito orações, peregrinações e trabalhos de caridade. Finalmente, após visitar o santuário da Virgem Maria em Bourg-en-Bresse, ela conseguiu engravidar em 1334.[3]

Após o nascimento de Amadeu, a condessa retornou ao local levando consigo presentes de ação de graças, e mais uma vez concebeu uma criança. [3]

A condessa adoeceu e faleceu durante o parto de seu quinto filho, aos 24 anos de idade, no dia 24 de dezembro de 1342, e foi enterrada numa capela na Abadia de Hautecombe. [3]

DescendênciaEditar

  • Amadeu VI de Saboia (4 de janeiro de 1334 – 1 de março de 1383), sucessor do pai. Foi marido de Bona de Bourbon, com quem teve três filhos. Também teve filhos ilegítimos com suas três amantes;
  • Branca de Saboia (1335 – 31 de dezembro de 1387), foi esposa de Galeácio II Visconti, senhor de Milão, com quem teve três filhos;
  • João de Saboia (setembro de 1338 - 1345);
  • Catarina de Saboia (1342 – antes de 11 de junho de 1343);
  • Luís de Saboia (n. e m. 24 de dezembro de 1342).

AncestraisEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Iolanda Paleóloga de Monferrato

Referências

  1. «Foundation for Medieval Genealogy». fmg.ac 
  2. «The Peerage». thepeerage.com 
  3. a b c Cox, Eugene L. (1967). The Green Count of Savoy: Amedeus VI and Transalpine Savoy in the Fourteenth-Century. Princenton: Princenton University Press. pp. 13 e 31. Consultado em 21 de Maio de 2018