Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página sobre animais cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Iraí (desambiguação).
Como ler uma infocaixa de taxonomiaIraí
Entrada de colméia de Irai
Entrada de colméia de Irai
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hymenoptera
Superfamília: Apoidea
Família: Apidae
Tribo: Meliponini
Género: Nannotrigona
Espécie: N. testaceicornis
Nome binomial
Nannotrigona testaceicornis

Iraí (Nannotrigona testaceicornis) é uma abelha social, da subfamília dos meliponíneos, coloração geral preta com pilosidade grisalha, não medindo mais de 4 mm de comprimento. De comportamento considerado como "tímido", exala cheiro agradável e produz bom mel, embora em quantidade muito pequena, tipicamente menos de um litro por ano. Também é chamada de camuengo, jataí-mosquito, jataí-preta, jati-preta, mombuca, mumbuca, mumbuquinha, tuiú-mirim e tujumirim.

Devido à pequena produção de mel esta abelha não é muito criada com este objetivo. Contudo, seu pequeno tamanho, comportamento manso e rusticidade a tornam uma boa opção para quem deseja empregá-la como agente polinizador em estufas ou pequenas plantações, ou mesmo para quem tem interesse em manter um enxame apenas pelo contato com a natureza ou para decoração de uma varanda ou jardim. Uma característica desta abelha que é interessante neste caso é que as operárias fecham a entrada da colmeia à noite, e assim não são atraídas pelas luzes artificiais da residência.

O mel da iraí possui potentes propriedades antimicrobianas em função de diversos compostos como o peróxido de hidrogênio, outras enzimas e fontes florais, e perde parte de sua eficácia se exposto à luz. O mel de iraí é também um bom complemento nutricional e agente terapêutico no campo da medicina.[1]

Referências

  1. A.L. Gonçalves, A. Alves Filho, H. Menezes (outubro–dezembro 2005). «Atividade antimicrobiana do mel da abelha nativa sem ferrão Nannotrigona testaceicornes» (PDF). Consultado em 10 de novembro de 2016 
  Este artigo sobre insetos, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.