Abrir menu principal
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2019). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Isabel Abreu
Nome completo Maria Isabel Abreu Correia Pereira
Nascimento 3 de março de 1978 (41 anos)
Arronches, Portugal
Nacionalidade portuguesa
Ocupação atriz
Cônjuge Tiago Guedes
Outros prémios
Prémio Sophia de 2018

Maria Isabel Abreu Correia Pereira (Arronches, 3 de março de 1978) é uma atriz portuguesa.

BiografiaEditar

Isabel Abreu é filha de Carlos Pereira e de sua mulher Maria Isabel Marouço Ponte de Abreu, médica, e irmã de Carlos António Abreu Correia Pereira. É casada com o realizador Tiago Guedes de quem teve um filho e uma filha, Tiago Abreu Guedes de Carvalho e Maria Pereira Guedes de Carvalho.

Foi autora da encenação e apresentação da peça O Crime de Arronches no concelho de Arronches.

Em 2010 participou na peça Blackbird, de David Harrower, encenada no TNSJ por Tiago Guedes.[1]

Na Gala dos Prémios Autores 2011, da Sociedade Portuguesa de Autores e da Radiotelevisão Portuguesa, recebeu o prémio de Melhor Atriz.[2]

Coro dos Amantes é uma curta-metragem de Tiago Guedes, protagonizada por Isabel Abreu e Gonçalo Waddington que estreou em outubro de 2015.[3]

Participa na peça Três Dedos Abaixo do Joelho de Tiago Rodrigues onde colabora novamente com Gonçalo Waddington.

Desempenha o papel da vilã Narcisa, em Rainha das Flores, da SIC.[4]

É nomeada aos prémios Globos de Ouro na categoria de melhor atriz de teatro pela peça Um Diário de Preces, construída a partir de um texto da americana Flannery O'Connor, com encenação de Miguel Loureiro, e onde interpreta textos da escritora através de conversas com Deus, numa tentativa de compreender o mundo.[5]

TelevisãoEditar

FilmografiaEditar

  • 2018 Olga -
  • 2017 Mariphasa - Luísa
  • 2016 Uma Vida à Espera
  • 2016 Fado - Maria
  • 2015 God Will Provide (curta) - Maria
  • 2015 Bunker (curta)
  • 2014 Coro dos Amantes (curta)
  • 2013 Imaculado (curta)
  • 2012 Assim Assim - Margarida
  • 2012 Sinais de Serenidade Por Coisas Sem Sentido (curta)
  • 2012 Solo (curta)
  • 2010 Todos Iguais a Dormir (curta)
  • 2010 Mercúrio (curta)
  • 2010 Voodoo (curta)
  • 2009 El Justiciero (curta) - Sílvia
  • 2008 Entre os Dedos - Lúcia
  • 2008 A Zona - Leonor
  • 2007 Dot.com - Ana
  • 2006 Coisa Ruim
  • 2004 Maria E as Outras - Joana
  • 2002 Remains (curta)
  • 2002 António, Um Rapaz de Lisboa
  • 2002 Ficção (curta)
  • 2001 Acordar (curta)
  • 2001 Baby Boom (curta)
  • 2000 Sem Movimento (curta)

Referências

  1. «Blackbird». TNSJ. Consultado em 12 de maio de 2017 
  2. Administrator. «Voto de Louvor a Isabel Abreu e Tiago Guedes». Consultado em 12 de maio de 2017 
  3. Pinto, Rita (15 de setembro de 2015). «'Coro dos Amantes' nos cinemas a 15 de Outubro. O trailer cortou-nos o ar». Sapo.pt. Shifter. Consultado em 12 de maio de 2017 
  4. «Isabel Abreu: Qual é o dia mais feliz da vida dela?». Delas.pt. 20 de maio de 2016. Consultado em 12 de maio de 2017 
  5. «Melhor Atriz». SIC. 25 de abril de 2017. Consultado em 12 de maio de 2017 
  Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.