Isabel de Brunsvique-Volfembutel, Duquesa de Saxe-Altemburgo

aristocrata alemã

Isabel de Brunsvique-Volfembutel (Volfembutel, 23 de junho de 1593Altemburgo, 25 de março de 1650, Altemburgo) foi uma princesa de Brunsvique-Volfembutel e duquesa de Saxe-Altemburgo.

Isabel
Princesa da Saxónia
Princesa de Brunsvique-Volfembutel
Duquesa de Saxe-Altemburgo
Reinado 25 de outubro de 16181 de abril de 1639
Antecessor(a) Doroteia Maria de Anhalt
Sucessor(a) Sofia Isabel de Brandemburgo
 
Nascimento 23 de junho de 1593
  Volfembutel, Principado de Brunsvique-Volfembutel, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 25 de março de 1650 (56 anos)
  Altemburgo, Ducado de Saxe-Altemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Maridos Augusto da Saxónia
João Filipe, Duque de Saxe-Altemburgo
Descendência Isabel Sofia de Saxe-Altemburgo
Casa Wettin
Welf
Pai Henrique Júlio, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Mãe Isabel da Dinamarca

VidaEditar

Isabel era filha do duque Henrique Júlio de Brunswick-Wolfenbüttel (1564–1613) e da sua segunda esposa, Isabel (1573–1625), filha mais velha do rei Frederico II da Dinamarca.

Casou-se no dia 1 de Janeiro de 1612 em Dresden, com o duque Augusto da Saxónia (1589–1615), administrador da diocese de Naumburgo. Augusto acabaria por morrer subitamente aos vinte-e-seis anos de idade, apenas três anos depois do casamento.

Isabel casou-se com o seu segundo marido, o duque João Filipe de Saxe-Altemburgo (1597–1639) a 25 de Outubro de 1618 em Altemburgo.

Isabel morreu a 25 de Março de 1650 em Altemburgo e foi sepultada na Igreja de Brethren em Altemburgo, à qual tinha doado um cálice em vida.[1] O lema da duquesa, que tinha casado com membros da linha Albertina e da linha Ernestina da Casa de Wettin,[2] era: Todo o meu prazer está em Deus.[3] Existe um ducado em ouro dedicado a Isabel, com o seu retrato em perfil na cara e a letra "E" coroada na coroa. Isabel pertencia também à Sociedade Virtuosa, com o cognome a Devota.[4]

DescendênciaEditar

Do seu segundo casamento, Isabel teve uma filha:

  1. Isabel Sofia (10 de Outubro de 1619 - 20 de Dezembro de 1680), casada com Ernesto I, Duque de Saxe-Gota.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Isabel de Brunswick-Wolfenbüttel em três gerações
Isabel de Brunswick-Wolfenbüttel Pai:
Henrique Júlio, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Avô paterno:
Júlio, Duque de Braunschweig-Wolfenbüttel
Bisavô paterno:
Henrique V, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Bisavó paterna:
Maria de Württemberg
Avó paterna:
Hedvig de Brandemburgo
Bisavô paterno:
Joaquim II Heitor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo
Bisavó paterna:
Edviges Jagelão, Eleitora de Brandemburgo
Mãe:
Isabel da Dinamarca
Avô materno:
Frederico II da Dinamarca
Bisavô materno:
Cristiano III da Dinamarca
Bisavó materna:
Doroteia de Saxe-Lauemburgo
Avó materna:
Sofia de Mecklemburgo-Güstrow
Bisavô materno:
Ulrico, Duque de Mecklemburgo
Bisavó materna:
Isabel da Dinamarca, duquesa de Mecklemburgo-Güstrow

ReferênciasEditar

  • New Journal for the History of the Germanic peoples, Volume 1, Issue 1-4, Anton, 1832, p. 88 digitized
  • Ute like to eat:princesses at the Saxon court, Leipzig University Press, 2007, p. 128
  • Moritz Theodor Frommelt: Sachsen-Altenburg geography or history, Klinkhardt, 1838, p. 129

NotasEditar

  1. C. E. von Malortie: contributions to the history of Brunswick-Lüneburg house and yard, Volume 2, Han'sche Hofbuchhandlung, 1864, p. 154
  2. Theodore O. Weigel, Gustav Eduard Köhler: album of autographs for two hundred years celebration on 24 October 1848 of the Peace Treaty of Westphalia on 24 October 1648, T. O. Weigel, 1849, p. 9
  3. Max Lbe.
  4. Erika Alma Metzger, Richard E. Schade, Language societies, gallant female poets, Rodopi, 1989, p. 617

Ligações externasEditar