Abrir menu principal
Isac Santos
Voleibol
Nome completo Isac Viana Santos
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 13 de dezembro de 1990 (28 anos)
São Gonçalo, RJ
Nacionalidade brasileiro
Compleição Peso: 100 kg Altura: 2,11 m
Clube Brasil Sada Cruzeiro
Medalhas
Competidor do Bandeira do Brasil Brasil
Campeonato Mundial
Prata Itália/Bulgária 2018 Equipe
Liga Mundial
Prata Cracóvia 2016 Equipe
Prata Mar del plata 2013 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Santiago 2017 Equipe
Ouro Maceió 2015 Equipe
Copa Pan-Americana
Ouro Cidade do México 2013 Equipe
Campeonato Mundial Juvenil
Ouro Pune 2009 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Prata Poços de Caldas 2008 Equipe
Competidor do Cruzeiro
Campeonatos Mundiais
Ouro Betim e Belo Horizonte 2016 Equipe
Ouro Betim 2015 Equipe
Ouro Betim 2013 Equipe
Bronze Polônia 2017 Equipe
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Ouro Montes Claros 2018 Equipe
Ouro Montes Claros 2017 Equipe
Ouro Taubaté 2016 Equipe
Ouro Belo Horizonte 2014 Equipe
Prata San Juan 2015 Equipe
Competidor do Brasil Vôlei Clube
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Prata Florianópolis 2009 Equipe

Isac Viana Santos (São Gonçalo, 13 de dezembro de 1990) é um voleibolista indoor brasileiro, atuante na posição de Central, que conquistou pela seleção brasileira, na categoria juvenil, o vice-campeonato no Campeonato Sul-Americano de 2008 no Brasil e o título do Campeonato Mundial de 2009 na Índia, na categoria adulto conquistou os títulos da Copa Pan-Americana de 2013 no México, bicampeão do Campeonato Sul-Americano de 2015 e 2017, no Brasil e Chile, respectivamente, além de duas medalhas de prata em edições da Liga Mundial, em 2013 na Argentina e 2015 na Polônia.Em clubes é tricampeão em edições do Camnpeonato Su-Americano de Clubes nos anos de 2014, 2016 e 2017, todas no Brasil e nesta competição possui ainda duas medalhas de prata, uma em 2009 no Brasil e a outra em 2015 na Argentina, além de ser tricampeão em edições realizadas no Brasil do Campeonato Mundial de Clubes, nos anos de 2013, 2015 e 2016.

Índice

CarreiraEditar

Natural de São Gonçalo, inicialmente tentou a carreira no futebol, chegou atuar por um time que integrava um projeto comunitário e jogava na posição de goleiro, inspirado no ex-goleiro Carlos Germano, mas a convite de seu professor de Educação Física iniciou aos 13 anos de idade,[1] a jogar nas categorias de base do Niterói Vôlei Clube, época que sua estatura já chamava a atenção, logo buscou participar das peneiras do Esporte Clube Banespa, na época um dos principais clubes formadores do país,[2] sendo aprovado em 2006 e ingressou no final deste mesmo ano Santander/São Bernardo.[3]

Convocado pelo técnico Marcos Lerbach para a Seleção Brasileira, categoria infanto-juvenil, e participou de amistosos na excursão pela Europa em preparação para o Campeonato Mundial Infanto-juvenil de 2007,[4][5][6] realizado nas cidades mexicanas de Tijuana e Mexicali, e esteve nesta edição vestindo a camisa 15,[7] e alcançou o sétimo lugar.[8][9] e nas estatísticas finalizou na oitava colocação entre os melhores sacadores da competição[10] Recebeu convocação e disputou pela Seleção Brasileira a edição do Campeonato Sul-Americano Juvenil de 2008, este sediado em Poços de Caldas, Brasil, e finalizou com a medalha de prata.[11]

Integrou o elenco juvenil do São Bernardo/Santander na conquista do título do Campeonato Paulista Juvenil de 2008, que foi o bicampeonato[12][13] e em 2009 foi terceiro colocado no Torneio Início da Federação Paulista de Volleyball também na categoria juvenil.[14]

Em 2009 foi convocado pelo técnico Percy Oncken[3][15] e disputou pela Seleção Brasileira a edição do Campeonato Mundial Juvenil, este realizado em Pune-Índia, vestindo a camisa 12.[16]conquistou a medalha de ouro[17]

Ainda em 2009 representou o elenco juvenil na conquista do tricampeonato paulista juvenil[18] e o elenco profissional do São Bernardo/Santander na edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes, sediado em Florianópolis, Brasil[19] e conquistou a medalha de prata.[20] Na temporada 2009-10 já integrou o elenco adulto no mesmo clube que utilizou a alcunha Brasil Vôlei Clube, disputando a correspondente Superliga Brasileira A,[21] disputando a fase de quartas de final[22] e finalizou na sexta posição.[23]

Em 2010 foi convocado para a Seleção Brasileira de Novos que disputou a Copa Pan-Americana em San Juan, Porto Rico, sendo semifinalista[24] e vestindo a camisa 19 encerrou pela equipe brasileira na quarta posição.[25][26]

Na jornada seguinte atuou pelo BMG/São Bernardo e finalizou na quinta posição do Campeonato Paulista de 2010 e na décima posição na Superliga Brasileira 2010-11.[27] Em 2011 foi novamente convocado para Seleção Brasileira de Novos em preparação para Universíada de Verão em Shenzhen-China no mesmo ano e para o Evento Teste da Olimpíada de Londres de 2012,[28][29] participou apenas do Evento Teste para Olimpíada de Londres de 2012, vestindo a camisa 13,[30] no qual conquistou o vice-campeonato.[31]

Nas competições de 2011-12 vestiu a camisa do BMG/ São Bernardo do Campo e disputando a referente Superliga Brasileira A[32] na qual encerrou por este clube na oitava posição,[33] registrou um total de 232 pontos, destes 157 de ataques, 49 de bloqueios e 26 de saques,[34] sendo o sexto entre os maiores bloqueadores e o nono entre os sacadores.[35]

Apontado como um dos atletas promissores da modalidade[36] renovou com a equipe de BMG/São Bernardo, que passou a utilizar o nome São Bernardo Vôlei na temporada 2012-13, disputando por este a correspondente Superliga Brasileira A.[37]e novamente alcançando a oitava posição nesta edição[38]

Foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-23 em 2013, esta categoria representou o país na Copa Pan-Americana sediada na Cidade do México e conquistou a medalha de ouro nesta edição[39] e integrou nas premiações individuais a seleção do campeonato, foi nomeado como o Segundo Melhor Central, integrando a seleção do campeonato.[40][41]

O técnico Bernardo Rezende também em 2013 o convocou para seleção principal e disputou a edição da Liga Mundial[42] e também esteve no grupo que disputou a fase final que ocorreu em Mar del Plata, Argentna, vestindo a camisa 2[43] e conquistou a medalha de prata.[44]

Após sete temporadas no time de São Bernardo do Campo, o Sada Cruzeiro o contratou para a temporada 2013-14,[45] e disputou a edição do Campeonato Mundial de Clubes de 2013, realizado em Betim, Brasil, vestiu a camisa 12[46] na conquista da inédita da medalha de ouro para o Brasil, consequentemente pro clube.[47][48]

Pelo Sada Cruzeiro conquistou seu primeiro título do Campeonato Mineiro,[49] e por este clube disputou a Superliga Brasileira A 2013-14[50] sagrando-se campeão nesta edição.[51][52]

Disputou em 2014 a edição da Copa Brasil na cidade de Maringá-PR, obtendo o primeiro título do clube e a qualificação para o Campeonato Sul-Americano de Clubes no mesmo ano;[53] participando também do referido Campeonato Sul-Americano de Clubes, que foi realizado em Belo Horizonte, Brasil,[54] conquistando a medalha de ouro e a qualificação para o Campeonato Mundial de Clubes no mesmo ano.[55][56] Representou o Sada Cruzeiro no Campeonato Mundial de Clubes de 2014, edição ocorrida em Belo Horizonte, vestindo a camisa 12,[57] e finalizou na quarta colocação.[58][59][60]

Voltou a ser convocado para seleção principal para disputar a edição da Liga Mundial de 2014, novamente vestindo a camisa 2 disputou a primeira fase[61] e não disputou a fase final, ocasião do vice-campeonato do Brasil.[62]

Renovou por mais uma temporada com o Sada Cruzeiro e sagrou-se bicampeonato na edição do Campeonato Mineiro em 2014,[63][64] neste mesmo ano sagrou-se campeão do Torneio Internacional UC Irvine,[65] conquistou o bronze na Copa Brasil 2015.[66]

Pelo Sada Cruzeiro disputou a edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes em 2015, este sediado em San Juan, na Argentina, ocasião que conquistou a medalha de prata[67][68] e neste ano disputou a fase final edição de Superliga Brasileira A, correspondente a temporada 2014-15,[69] sagrando-se bicampeão nacional.[70]

Em 2015 também competiu pelo Sada Cruzeiro na Supercopa Brasileira, realizada em Itapetininga, sagrando-se campeão nesta que foi a primeira edição[71] e também na edição do Campeonato Mundial de Clubes sediado em Betim, vestindo a camisa 12[72] sagrando-se bicampeão.[73] Neste mesmo ano foi convocado para Seleção Brasileira e disputou a primeira fase e a fase final da Liga Mundial de 2015, com a fase final no Rio de Janeiro, vestiu de novo a camisa 2[74][75] quando finalizou na quinta posição;[76] também pela seleção principal participou da conquista da medalha de ouro na edição do Campeonato Sul-Americano realizado em Maceió, Brasil, e foi premiado como o Melhor Central.[77]

Nas competições de 2015-16 renovou com o Sada Cruzeiro sagrando-se tricampeão consecutivo na edição do Campeonato Mineiro de 2015[78] e sagrou-se tricampeão consecutivo nacional na Superliga Brasileira A 2015-16,[79] registrando 216 pontos, destes foram 163 de ataques, 39 de bloqueios e 14 de saques;[80] também alcançou o título da Copa Brasil de 2016, esta sediada em Campinas.[81]

Ainda em 2016 conquistou o bicampeonato na edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes, realizado em Taubaté, sendo premiado domo Primeiro Melhor Central,[82] também disputou mais uma edição do Campeonato Mundial de Clubes e vestindo a camisa 12[83] sagrou-se tricampeão mundial.[84]

Convocado em 2016 para Seleção Brasileira e disputou a primeira fase e a fase final da Liga Mundial de 2015, com a fase final na Cracóvia, Polônia, vestindo a camisa 2[85] na conquista da medalha de prata.[86] Foi convocado para elenco da seleção principal que se preparava para os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro[87] sendo cortado após a citada Liga Mundial.[88]

Ele seguiu para a quarta temporada consecutiva pelo Sada Cruzeiro conquistou o tetracampeonato no Campeonato Mineiro de 2016[89] e o bicampeonato da Supercopa Brasileira de 2016;[90] nesta jornada disputou a Superliga Brasileira A 2016-17[91] alcançando o tetracampeonato consecutivo nacional.[92][93]

Em 2017 disputou a Copa Brasil realizada em Campinas, ocasião que avançou as semifinais e nesta fase ocorreu a eliminação,[94] também sagrou-se tetracampeão da edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2017, sediado em Montes Claros.[95][96]

Recebeu convocação para Seleção Brasileira por parte do técnico Renan Dal Zotto para disputar a edição do Campeonato Sul-Americano de 2017, sediado nas cidades de Temuco e Santiago e conquistou o bicampeonato consecutivo nesta competição.[97][98]

Renovou com o Sada Cruzeiro para as competições do período 2017-18, na pré-temporada disputou aa edição do Desafio Sul-Americano de Vôlei na San Juan (Argentina) conquistando o título[99], também alcançando o bicampeonato do Campeonato Mineiro de 2017[100] e o bicampeonato também na edição da Supercopa de 2017[101] e conquistou nesta mesma temporada o título da Coa Brasil de 2018 em São Paulo[102] e neste mesmo ano conquistou a medalha de ouro na edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes novamente sediada em Montes Claros e foi premiado como o melhor jogador da competição[103], foi premiado como primeiro melhor central do campeonato[104][105].

E venceu a primeira partida da final da Superliga Brasileira A 2017-18[106] e ao vencer a segunda partida dos playoffs da fase final sagrou-se campeão nacional de forma consecutiva[107].

Renovou com o Sada Cruzeiro por mais uma temporada e conquistou o título do Campeonato Mineiro de 2018[108][109], na sequência conquistou o vice-campeonato da Supercopa Brasileira de 2018 realizada em Belo Horizonte[110].

Títulos e resultadosEditar

Prêmios individuaisEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Danielle Rocha (5 de junho de 2015). «De goleiro a central, Isac busca espaço entre os grandes na seleção». GloboEsporte.com. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2017 
  2. «MUNDIAL MASCULINO DE CLUBES: Isac, um gigante na altura e no talento». CBV. 18 de outubro de 2013. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2017 
  3. a b «Tradição mantida-Santander / São Bernardo cede quatro atletas para Seleção Juvenil». Photo&Grafia. 8 de julho de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2017 
  4. FPV. «Santander/São Bernardo tem cinco jogadores no Mundial». 15 de agosto de 2007. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  5. «Vôlei: seleção brasileira chama jogadores do Banespa/S.Bernardo». Diário do Grande ABC. 9 de abril de 2007. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2017 
  6. «ESCOLA CONTINUA RENDENDO-NOVE ATLETAS DO SANTANDER BANESPA / SBC SE PREPARAM PARA OS MUNDIAIS INFANTO E JUVENIL». Photo&Grafia. 28 de junho de 2007. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2017 
  7. FIVB. «2007 Boys' Youth World Championship- BRA / Brazil - Team Composition» (em ingles). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  8. FIVB. «2007 Boys' Youth World Championship- Standings» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  9. FIVB. «BRA / Brazil - Player's biography-Isac» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  10. FIVB. «2007 FIVB Boys' Youth World Championship-Best Servers» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  11. CSV. «XIX Campeonato Sudamericano Juvenil Masculino: Argentina vence a Brasil y es Campeón Sudamericano después de 26 años» (em espanhol). 12 de outubro de 2008. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  12. a b c Simone Duarte. «Juvenil do São Bernardo é campeão Paulista de 2008». Universidade Metodista de São Paulo. 11 de novembro de 2008. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  13. Photo&Grafia.com. «Elenco Juvenil-Brasil Vôlei Clube / São Bernardo-A equipe é a atual bicampeã paulista». 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  14. a b Diário do Grande ABC. «Santander/São Bernardo fica em terceiro no Torneio Início de Vôlei Juvenil». 21 de abril de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  15. FPV. «Santander/SBC cede quatro atletas para seleção». 8 de julho de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  16. FIVB. «2009 FIVB Men's Junior World Championship -Pune, India-BRA / Brazil» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  17. «Press release-Brazil's Mauricio Silva Named MVP of FIVB Men's Junior World Championship». Fivb.org (em inglês). 9 de agosto de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  18. a b FPV. «Brasil Vôlei Clube / São Bernardo é tricampeão paulista». 28 de outubro de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  19. CSV. «Campeonato Sudamericano Masculino de Clubes – Brasileros salen adelante» (em espanhol). 7 de outubro de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  20. CSV. «Campeonato Sudamericano de Clubes - Cimed conquista título y plaza para el Mundial de Clubes» (em espanhol). 11 de outubro de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  21. CBV. «Superliga 2009/2010-FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA- BRASIL VÔLEI CLUBE». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  22. CBV. «Superliga 2009/2010-TABELAS DE JOGOS E RESULTADOS DA SUPERLIGA MASCULINA» (em portugues). Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 19 de abril de 2014 
  23. CBV. «VOLEIBOL-Resultados / classificação-SUPERLIGA MASCULINA 2009/2010- QUARTAS-DE-FINAL» (PDF). 13 de abril de 2010. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original (PDF) em 9 de março de 2014 
  24. Bol Notícias. «Esporte Brasil perde para EUA na semifinal do Pan-Americano de Vôlei» (em portugues). 29 de maio de 2010. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  25. Norceca. «VOLLEYBALL-Match result -COPA PANAMERICANA MASCULINA 2010-CLASSIFICATION 3/4» (PDF) (em inglês). 29 de maio de 2010. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  26. a b Norceca. «Puerto Rico defeats Brazil in bronze medal match» (em espanhol). 29 de maio de 2010. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  27. CBV. «VOLEIBOL- Resultados / classificação- SUPERLIGA MASCULINA 2010/2011- CLASSIFICACAO EQUIPE-CLASSIFICATORIA – RETURNO» (PDF). 17 de março de 2011. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original (PDF) em 3 de novembro de 2013 
  28. CBV. «Convocação da Seleção Brasileira Adulta Masculina de Novos- Convocação». 21 de junho de 2011. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  29. Daniel Bortoletto. «Universíade será bom teste para selecionáveis» (em portugues). 15 de julho de 2011. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  30. FIVB. «London 2012- Volleyball OLYMPIC test event - TEAM COMPOSITION BRA» (em ingles). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  31. a b FIVB. «London 2012- Volleyball OLYMPIC test event - MATCH RESULTS & STANDING- Standing» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  32. VôleiBrasil.org. «Superliga 2011/2012-// Equipes – Masculino-BMG/SÃO BERNARDO». Consultado em 14 de agosto de 2017 
  33. CBV. «Superliga 2011/2012- CLASSIFICAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA- Classificação Final». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 5 de agosto de 2017 
  34. CBV. «VOLEIBOL- Ranqueamento atletas- SUPERLIGA MASCULINA 2011/2012—Maiores Pontuadores» (PDF) (em portugues). 21 de abril de 2012. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original (PDF) em 11 de abril de 2016 
  35. CBV. «VOLEIBOL- Ranqueamento atletas- SUPERLIGA MASCULINA 2011/2012—Bloqueo e Saque» (PDF). 21 de abril de 2012. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  36. Marcela Munhoz (9 de abril de 2007). «Guarde bem o rosto desses atletas». Diário do Grande ABC. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2017 
  37. Universidade Metodista de São Paulo (8 de março de 2013). «São Bernardo Vôlei inicia caminho rumo as finais da Superliga Masculina». Consultado em 14 de agosto de 2017 
  38. CBV. «Superliga 2012/2013- CLASSIFICAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA- Classificação Final». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 21 de outubro de 2014 
  39. CSV. «COPA PAN MÉXICO: Brasil, de regreso en la cima del continente y Argentina con el tercer puesto» (em espanhol). 25 de agosto de 2013. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  40. a b «Lucarelli JMV Copa Panamericana». NORCECA (em espanhol). 13 de agosto de 2017. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2013 
  41. GloboEsporte.com. «Brasil vence México por 3 sets a 0 e leva Copa Pan-Americana de vôlei». 25 de agosto de 2013. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  42. Estado de Minas. «Com sete mineiros, Bernardinho anuncia lista de convocados para a Liga Mundial». 6 de maio de 2013. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  43. FIVB. «World League Finals-Mar del Plata 2013-Team-Compositon-BRA / Brazil» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  44. FIVB (22 de julho de 2013). «PRESS RELEASE-Every point was made of gold - Spiridonov» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  45. Jornal O Tempo. «NOVO REFORÇO-Sada Cruzeiro acerta a contratação do meio de rede Isac, promessa do São Bernardo». 30 de abril de 2013. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  46. FIVB. «Club World Championships - Betim 2013- TEAM COMPOSITION-SDC / Sada Cruzeiro Volei» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  47. FIVB. «Club World Championships - Betim 2013- FINAL RANKING» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  48. CSV. «MUNDIAL DE CLUBES : Sudamericanos Sada Cruzeiro y UPCN debutan con victorias» (em espanhol). 16 de outubro de 2013. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  49. a b Sada Cruzeiro Vôlei. «SADA CRUZEIRO BATE MINAS E CONQUISTA O TETRACAMPEONATO MINEIRO». 22 de dezembro de 2013. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  50. Espaço do Vôlei.com (18 de junho de 2013). «Sada/Cruzeiro apresenta elenco para a temporada 2013/2014». Consultado em 14 de agosto de 2017 
  51. a b CBV. «Superliga 2013/2014- Classificação Final». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 24 de março de 2017 
  52. O Povo online. «Douglas exalta mais uma Superliga do Sada: 'Sempre buscamos a perfeição'». 13 de abril de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  53. a b Jornal do Brasil On-Line. «COPA BRASIL MASCULINA: Sada Cruzeiro vence o Sesi-SP em grande jogo e é campeão». 25 de janeiro]de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  54. CSV. «SUDAMERICANO DE CLUBES MASCULINO: Sada y UPCN una vez más disputan la final y el cupo para el Mundial» (em espanhol). 23 de fevereiro de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  55. Sada Cruzeiro Vôlei. «Sada Cruzeiro vence UPCN e conquista o bicampeonato Sul-Americano». 24 de fevereiro de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 4 de março de 2018 
  56. CSV. «SUDAMERICANO DE CLUBES MASCULINO: En partida increíble, el Sada Cruzeiro derrota al UPCN y conquista el campeonato» (em espanhol). 24 de fevereiro de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  57. FIVB. «2014 Men's Club World Championship-Belo Horizonte- TEAM COMPOSITION-SDC / Sada Cruzeiro Volei». Consultado em 14 de agosto de 2017 
  58. a b FIVB. «2014 Men's Club World Championship-Belo Horizonte- FINAL RANKING» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  59. FIVB (10 de maio de 2014). «Press release-Russia's Belogorie Belgorod win FIVB Men's Club World Championship title» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  60. FIVB (10 de maio de 2014). «Press release First medal ever for Argentina's UPCN at FIVB Men's Club World Championship» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  61. FIVB. «World League Intercontinental Roud 2014-Team-Compositon-BRA / Brazil» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  62. FIVB (24 de julho de 2014). «Press release-Year in review: Second World League triumph for USA» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  63. Sada Cruzeiro Vôlei. «Sada Cruzeiro vence Montes Claros por 3 a 1 e começa bem no Campeonato Mineiro». 29 de agosto de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 31 de maio de 2016 
  64. a b Cruzeiro Esporte Clube. «Sada Cruzeiro conquista o pentacampeonato Mineiro de Vôlei». 18 de outubro de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  65. a b Sada Cruzeiro Vôlei. «Sada Cruzeiro -Títulos / Conquistas». 18 de outubro de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 23 de outubro de 2014 
  66. a b Sada Cruzeiro Vôlei. «Sada Cruzeiro perde para Taubaté na semifinal da Copa Brasil». 23 de janeiro de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 31 de maio de 2016 
  67. O Estadão. «Sada Cruzeiro perde para o UPCN e é vice no Sul-Americano de vôlei». 16 de fevereiro de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  68. CSV. «SUDAMERICANO DE CLUBES: UPCN San Juan vence a Sada y es nuevamente campeón» (em espanhol). 16 de fevereiro de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  69. CBV. «SUPERLIGA MASCULINA-EQUIPES-Sada Cruzeiro». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 5 de maio de 2016 
  70. a b Sada Cruzeiro Vôlei. «Sada Cruzeiro vence Sesi-SP e conquista o tricampeonato da Superliga». 12 de abril de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 15 de agosto de 2017 
  71. a b Rodolfo Quaranta. «Cruzeiro bate o desfalcado Taubaté e leva o troféu da Supercopa para MG». GloboEsporte.com. 6 de novembro de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  72. FIVB. «Men´s Club World Championship Betim 2015-Team-Compositon-SADA CRUZEIRO VOLEI» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  73. «Sada Cruzeiro recover FIVB Men's Club World Championship crown» (em inglês). FIVB. 31 de outubro de 2015. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  74. FIVB. «World League Finals 1- 2015-Team-Compositon-BRA / Brazil» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  75. CSV. «SUDAMERICANOS EMPIEZAN BIEN EN LA LIGA MUNDIAL» (em espanhol). 31 de maio de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  76. FIVB. «World League Finals 1- 2015- Final Standing» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  77. a b CSV. «SUDAMERICANO MASCULINO: BRASIL LLEVA EL ORO Y EL TÍTULO POR TRIGÉSIMA VEZ» (em espanhol). 4 de outubro de 2015. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  78. a b «Em partida emocionante, Cruzeiro supera Minas e festeja hexacampeonato estadual de vôlei». O Estado de Minas. 13 de junho de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  79. a b Danielle Rocha. «Cruzeiro passa sufoco, mas leva o tetra da Superliga e é "campeão de tudo"». GloboEsporte.com. 10 de abril de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  80. CBV. «ISAC SANTOS». Consultado em 14 de agosto de 2017 
  81. a b «Cruzeiro bate Campinas, leva Copa do Brasil e aumenta hegemonia nacional». Globoesporte.com. Grupo Globo. 23 de janeiro de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 25 de janeiro de 2016 
  82. a b CSV. «SADA SE LLEVA EL ORO EN EL XVI SUDAMERICANO DE CLUBES» (em espanhol). 21 de fevereiro de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  83. FIVB. «Men´s Club World Championship Betim 2016-Team-Compositon-SADA CRUZEIRO VOLEI» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  84. FIVB (23 de outubro de 2016). «Flawless display of Sada Cruzeiro to successfully retain crown at World Champs» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  85. FIVB. «World League Finals 1- 2016-Team-Compositon-BRA / Brazil» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2017 
  86. «Brasil erra em excesso, perde para Sérvia e amarga vice da Liga Mundial». UOL Esporte. 17 de julho de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  87. CSV. «BERNARDINHO CONVOCA 18 JUGADORES CON VISTAS A RIO 2016» (em espanhol). 12 de abril de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  88. João Gabriel Rodrigues. «Bernardinho anuncia cortes de Murilo, Isac e Brendle e fecha grupo olímpico». GloboEsporte.com. 18 de julho de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  89. a b Sada Cruzeiro Vôlei. «SADA CRUZEIRO VENCE O MINAS E CONQUISTA O HEPTACAMPEONATO MINEIRO». 7 de outubro de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 15 de agosto de 2017 
  90. a b Daniel Ottoni. «SÓ DÁ ELES!-Sada Cruzeiro vence Brasil Kirin e leva mais uma Supercopa». Jornal Otempo. 29 de outubro de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  91. Zero Hora Esportes (23 de abril de 2017). «Sada Cruzeiro é o primeiro finalista da Superliga masculina». Consultado em 14 de agosto de 2017 
  92. CBV (19 de janeiro de 2017). «Superliga 2016/2017-CLASSIFICAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA-CLASSIFICAÇÃO FINAL». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 10 de maio de 2017 
  93. a b Sada Cruzeiro Vôlei (10 de abril de 2016). «SADA CRUZEIRO BATE VÔLEI BRASIL KIRIN E É TETRACAMPEÃO DA SUPERLIGA». Consultado em 14 de agosto de 2017. Arquivado do original em 15 de agosto de 2017 
  94. Daniel Ottoni. «PELO CAMINHO-Em jogo eletrizante, Sada Cruzeiro cai para o Sesi na Copa Brasil». Jornal Otempo. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  95. Daniel Ottoni. «Soberano-Sada Cruzeiro fatura o tetra sul-americano sem perder um único set». Jornal OTempo. 25 de fevereiro de 2017. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  96. CSV. «SADA CRUZEIRO ES TETRACAMPEÓN DEL SUDAMERICANO DE CLUBES DE MONTES CLAROS» (em espanhol). 25 de fevereiro de 2017. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  97. CSV. «BRASIL LLEVA ORO AL VENCER A VENEZUELA EN EL SUDAMERICANO DE CHILE» (em espanhol). 11 de agosto de 2017. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  98. «Perfil – Isac Viana Santos». Sada Cruzeiro Vôlei. Consultado em 14 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 14 de agosto de 2017 
  99. AmaVoleibol.com (25 de setembro de 2017). «Sada Cruzeiro campeão na Argentina» (em portugues). Consultado em 4 de março de 2018. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2018 
  100. a b Daniel Ottoni. «Sada Cruzeiro supera o Minas na decisão e conquista mais um título». O Tempo. 7 de outubro de 2017. Consultado em 4 de março de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2018 
  101. a b Daniel Ottoni. «ÚNICO CAMPEÃO DA SUPERCOPA, SADA CRUZEIRO REITERA HEGEMONIA NACIONAL COM O TERCEIRO TÍTULO». Sada Cruzeiro Vôlei. 12 de outubro de 2017. Consultado em 4 de março de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2018 
  102. a b Marcos Guerra. «Cruzeiro supera o Sesi-SP no tie-break e fatura o tri da Copa Brasil de vôlei». GloboEsporte.com. 27 de janeiro de 2018. Consultado em 4 de março de 2018. Cópia arquivada em 4 de março de 2018 
  103. «VOLEY-Plata histórica para Lomas». Olé.com.ar. 3 de março de 2018. Consultado em 3 de março de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2018 
  104. Andréia Santos. Ediminas, ed. «Sada Cruzeiro vence a Libertadores do Vôlei e garante o penta Sul-Americano». Cruzeiro Esporte Clube. 3 de março de 2018. Consultado em 3 de março de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2018 
  105. a b Luiz Ribeiro. «Cruzeiro vence fácil equipe argentina e é pentacampeão do Sul-Americano de Clubes». Superesportes.com.br. 3 de março de 2018. Consultado em 3 de março de 2018. Cópia arquivada em 3 de março de 2018 
  106. «Cruzeiro vence Sesi-SP na primeira a final da Superliga de vôlei». Folha de S.Paulo. 28 de abril de 2018. Consultado em 1 de maio de 2018. Cópia arquivada em 2 de maio de 2018 
  107. a b Elisa Ladeira (7 de maio de 2018). «Sada Cruzeiro vence o Sesi-SP e é campeão da Superliga masculina 2017/18». Diário Regional Digital (em portugues). Consultado em 8 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2018 
  108. a b Raphael Vidigal (13 de outubro de 2018). «Sada Cruzeiro é campeão mineiro de vôlei pela nona vez seguida». O Tempo (em portugues). Consultado em 8 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2018 
  109. Raphael Vidigal & Daniel Ottoni (13 de outubro de 2018). «Rodriguinho é eleito o melhor jogador do Campeonato Mineiro». O Tempo (em portugues). Consultado em 8 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2018 
  110. a b «Sesi-SP bate Sada Cruzeiro e conquista a Supercopa Brasileira de vôlei masculino». O Estadão (em portugues). 21 de outubro de 2018. Consultado em 8 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2018