Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Almançor (desambiguação).
Almançor
Califa fatímida
Reinado 946953
Antecessor(a) Alcaim
Sucessor(a) Almuiz
Dinastia Fatímida
Nascimento 913
  Racada, na Ifríquia
Morte 19 de março de 953 (40 anos)
Filho(s) Almuiz
Pai Alcaim

Abu Tair Ismail Almançor Bilá (em árabe: المنصور بالله الفاطمي; transl.: Ismāʿīl al-Manṣūr bi-Amrillah), foi o terceiro califa fatímida na Ifríquia (o Norte da África), reinando entre 946 e 953.

HistóriaEditar

Ismail nasceu em 913, em Racada, próximo de Cairuão, e sucedeu ao pai no trono califal em 946. Sua educação ocorreu na Ifríquia em meio a revoltas e batalhas pela consolidação do Califado Fatímida, que se encontrava numa profunda crise por conta da revolta de Abu Iázide (943–947). Após a unidade entre os rebeldes começar a falhar, Ismail conseguiu sufocá-la com a ajuda dos berberes ziridas. Após a sua vitória, Ismail recebeu o epíteto de "Almançor" e construiu um novo palácio para si em al-Mansuriya, perto de Cairuão.

Até o final do seu reinado, Almançor se preocupou em reorganizar o estado fatímida. Ele retomou a luta contra os omíadas do Califado de Córdoba, em Marrocos, e reocupou a Sicília, de onde ele reiniciou os raides na costa italiana. O governo fatímida foi reforçado na Sicília após a criação do Emirado da Sicília, sob o controle dos emires calbidas.

Almançor faleceu após uma grave enfermidade em 19 de março de 953 e deixou o califado nas mãos do seu filho Almuiz, que reinaria por mais de vinte anos.

Ver tambémEditar

Ismail Almançor
Nascimento: 913 Morte: 953
Precedido por:
Alcaim
Califas fatímidas
946–953
Sucedido por:
Almuiz