Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ivo Holanda
Nome completo Ivo Holanda de Barros
Outros nomes Rei das Pegadinhas
Nascimento 22 de junho de 1935 (84 anos)
Herculândia, SP
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator e humorista
Cônjuge Nazarena Spadotto

Ivo Holanda de Barros (Herculândia[1][2], 22 de junho de 1935) é um ator e humorista brasileiro, conhecido como "rei das pegadinhas".

BiografiaEditar

Início da carreiraEditar

Desde menino na pequena Pompeia, no oeste de São Paulo, Holanda cultivava fascínio pelo mundo do espetáculo, e se mudou para a capital como imitador de Vicente Celestino, seu ídolo pessoal. Para complementar o orçamento, foi engraxate, tapeceiro, marceneiro, pesquisador do Ibope, e sua profissão mais duradoura, contínuo por mais de três décadas em variados bancos.[3] Ivo iniciou-se como ator no teatro amador em apresentações da Paixão de Cristo na periferia paulistana.[4] Depois, desempenhou pequenos papéis em filmes de pornochanchada nos anos 1970 e atuou em circos.

Na TVEditar

Seu trabalho de meio horário como contínuo dava tempo livre para que Holanda participasse de inúmeros programas de televisão, geralmente na TVS de Silvio Santos. Ganhava trocados como manobrista, e em 1981 foi chamado por Gugu Liberato para ser animador de platéia no Viva a Noite. Também apareceu no programa do Chacrinha, antes de entrar no mundo das pegadinhas que o consagrou no Alegria 81. Chamou a atenção de Silvio Santos, que o manteve nesses tipo de esquete humorístico no rebatizado SBT (a exemplo do Topa Tudo por Dinheiro, exibido entre 1991 e 2001) desde os anos 1980 – quadros nos quais Ivo às vezes apanha de suas vítimas, precisando ser ajudado pela produção – que Ivo tornou-se nacionalmente célebre. Silvio às vezes referia-se a Ivo como "homem que gosta de apanhar" ou como "saco de pancadas do SBT".[3]

Se afastou da televisão em 2004 para tentar ser vereador em Pompeia, mas não foi eleito. Com o retorno do Programa Silvio Santos ao ar em 2008, Ivo retoma a sua carreira de ator de pegadinhas. Ivo possui um contrato vitalício com o SBT, assinado ainda em 2008 e renovado a cada 5 anos.[3]

Algumas pegadinhas que o Programa Silvio Santos exibe são sugeridas à produção do programa pelo próprio Ivo, que atua tanto como ator das pegadinhas quanto como criador de algumas delas.

Vida pessoalEditar

Ivo é o pai da também atriz e ex-assistente de palco Fernanda Spadotto Barros, hoje Investigadora da Polícia Civil de São Paulo, e mais dois filhos, Maurício Spadotto Barros, engenheiro, e trabalha atualmente na empresa SAS de ciência e tecnologia, e o mais novo Sandro Spadotto Barros, Tenente da Reserva não remunerada da Polícia Militar de São Paulo e atualmente Delegado de Polícia no Estado do Paraná.

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre humoristas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.