Ivone Silva

actriz portuguesa

Maria Ivone da Silva Nunes (Ferreira do Zêzere, Paio Mendes, 24 de abril de 1936Lisboa, 20 de novembro de 1987), mais conhecida por Ivone Silva, foi uma atriz e encenadora portuguesa. Ficou célebre pelo seu trabalho humorístico na televisão e teatro de revista.

Ivone Silva
Nome completo Maria Ivone da Silva Nunes
Nascimento 24 de abril de 1936
Paio Mendes, Ferreira do Zêzere
Nacionalidade portuguesa
Morte 20 de novembro de 1987 (51 anos)
Lisboa
Ocupação atriz, encenadora

BiografiaEditar

 
Jazigo de Ivone Silva no Cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

Filha de José António da Silva e de sua mulher Ermelinda Rosa Nunes Dias, 15.ª neta de Duarte Galvão, ambos ligados profissionalmente à arte da alfaiataria, nasceu a 24 de abril de 1936 em Paio Mendes, aldeia situada no concelho de Ferreira do Zêzere e veio a falecer em Lisboa a 20 de novembro de 1987 de cancro da mama. Desde muito cedo conviveu com o ambiente ligado às artes cénicas, já que o pai também era actor, tendo participado com algum destaque em filmes portugueses como O ladrão da luva branca e O Zé do Telhado. Era irmã da atriz Linda Silva.[1]

A figura ímpar e excepcional de Ivone Silva ficou estreitamente ligada a outro grande humorista português Camilo de Oliveira com o dueto crítico e muito engraçado dos dois alcoólicos Agostinho e Agostinha intitulado «Ai Agostinho, ai Agostinha» na série televisiva portuguesa Sabadabadu. Muitos dos seus programas deram a conhecer ao mundo português nomes como Carlos Cunha e muitos outros actores.[2]

Desta senhora saíram várias frases populares como "com um simples vestido preto, eu nunca me comprometo". [3][4]

O seu nome faz parte da toponímia de várias cidades portuguesas, nomeadamente: Lisboa, Matosinhos, Almada, Moita, Palmela e Pinhal Novo. [5]

TeatroEditar

  Esta lista está incompleta. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-a.
Ano Peça Teatro Notas
1963 Bikini Teatro ABC [6]
Chapéu Alto
Vamos à Festa!
1964 É Regar e Pôr ao Luar [7]
Ai Venham Vê-las
Lábios Pintados
1965 Zona Azul [8]
Dá-lhe Agora! [9]
1966 Tudo à Mostra! Teatro Maria Vitória [10]
Mini-Saias Teatro ABC [11]
1967 Pois, Pois... Teatro Variedades
Mulheres à Vela Teatro ABC
Sete Colinas
1969 Elas é Que Sabem
Ena, Já Fala!
1970 Alto Lá Com Elas [12]
1971 Frangas na Grelha [13]
A Senhora Minha Tia [14]
Ó Zé Aperta o Cinto Teatro Maria Vitória
1972 Pronto a Despir
1972-1973 Cá Vamos Pagando e Rindo! [15]
1973 Ver, Ouvir e Calar
1974 Ver, Ouvir e Falar
Uma no Cravo, Outra na Ditadura Teatro ABC
1975 P'ra Trás Mija a Burra
Família Até Certo Ponto
1976 O Bombo da Festa
1977 Ó da Guarda! Teatro ABC
1978 Aldeia da Roupa Suja
1979 Feliz Natal Avózinha Teatro da Graça (Grupo Teatro Hoje) monólogo
Que Grande Bronca! Teatro Laura Alves [16]
1980 Andorra Teatro Aberto [17]
1981 Não Há Nada Pr'a Ninguém Teatro Maria Vitória
1982 Sem Rei Nem Rock
1984 Eu Desço na Próxima, e Você?
1985 Não Batam Mais no Zézinho Teatro Maria Vitória
1986 Isto É Maria Vitória
Até Pinga no Pão Digressão
1987 Cá Estão Eles Teatro Laura Alves

Referências

  1. "As Ligações de Ivone Silva à 1.ª Dinastia Real Portuguesa", Paulo Alcobia Neves, Despertar do Zêzere, 2004
  2. DIAS, Patrícia Costa (2011). A Vida com um Sorriso - Histórias, experiências, gargalhadas, reflexões de Isabel Wolmar. Lisboa: Ésquilo. p. 76-77. ISBN 978-989-8092-97-7. OCLC 758100535 
  3. «Caras | "Com um simples vestido preto, eu nunca me comprometo": a escolha bem-sucedida de Cristina Ferreira». Caras. 10 de outubro de 2019. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  4. «Em Homenagem a… Ivone Silva |A Vira Vestidos|». 9 de julho de 2020. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  5. «Código Postal - Rua Ivone Silva». Código Postal. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  6. «Diário de Lisboa - Revista Bikini». casacomum.org. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  7. «Diário de Lisboa - É regar e pôr ao luar». casacomum.org. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  8. «Reabre hoje o teatro ABC com uma nova revista popular - Diário de Lisboa». casacomum.org. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  9. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06563.101.19839#!4
  10. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06567.105.20352#!4
  11. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06571.109.20694#!4
  12. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06805.155.25072#!5
  13. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06808.158.25373#!4
  14. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06811.161.25617#!6
  15. http://casacomum.org/cc/visualizador?pasta=06815.165.26143#!11
  16. «Diário de Lisboa - Que grande bronca». casacomum.org. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  17. «Diário de Lisboa - Andorra». casacomum.org. Consultado em 4 de outubro de 2021 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.