Júlio Pamplona Corte Real

Júlio Pamplona Corte Real
Nascimento 15 de setembro de 1811
Angra do Heroísmo
Morte 1871 (60 anos)
Cidadania Portugal
Progenitores Pai:Agapito Pamplona Rodovalho
Irmão(s) Militão Pamplona Corte Real, Joaquim Maria Pamplona Corte Real

Júlio Pamplona Corte Real (Angra do Heroísmo, 15 de Setembro de 1811 — ?, 1871) foi um militar do Exército Português que se distinguiu durante as Guerras Liberais.

BiografiaEditar

Foi filho de Agapito Pamplona Rodovalho, e de D. Maria Narcisa Barcelos Pamplona e irmão de Militão Pamplona Corte Real e Joaquim Maria Pamplona Corte Real, militares do exército português.

Assentou praça em 20 de Dezembro de 1828, como voluntário, no Batalhão de Caçadores n.º 5. Em 5 de Outubro de 1832 foi elevado a cadete e a alferes a 30 do mesmo mês e ano.

Em 24 de Julho de 1834 foi nomeado tenente e colocado na Companhia de Caçadores n.º 1, passando em 5 de Agosto de 1844, como capitão, para a Companhia de Caçadores n.° 4.

Estando na ilha de São Miguel aderiu à Revolução de 1846, pagando a 3.ª secção do Exército em 20 de Junho de 1847.

Reformou-se em major, e foi condecorado com o hábito da Ordem de Avis e medalha n.º 7 das Campanhas da Liberdade.

Tomou parte nas seguintes batalhas e combatesEditar

Campanha dos AçoresEditar

Cerco do PortoEditar

Conquista de LisboaEditar

ReferênciasEditar

  • Alfredo Luís Campos, Memória da Visita Régia à Ilha Terceira. Imprensa Municipal, Angra do Heroísmo, 1903.