Júlio Romão

(Redirecionado de Júlio Romão da Silva)
Júlio Romão
Nome completo Júlio Romão da Silva
Nascimento 22 de maio de 1917 (102 anos)
Teresina, PI
Morte 09 de março de 2013
Teresina, PI
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação escritor

Júlio Romão da Silva, mais conhecido como Júlio Romão (Teresina, 22 de maio de 1917- Teresina, 09 de março de 2013) foi um jornalista, escritor e poeta brasileiro. Ocupou a cadeira, 31, da Academia Piauiense de Letras[1]

Prêmios e homenagensEditar

Júlio Romão nasceu no Piauí, mas era radicado no Rio de Janeiro, onde ganhou cidadania e o nome de uma das ruas do bairro Méier,[2] era detentor dos prêmios Filosofia e João Ribeiro, da Academia Brasileira de Letras (ABL). Recebeu algumas comendas, como o Mérito Cultural Conselheiro Saraiva, no Piauí. Prêmio Cláudio de Sousa, da Academia Brasileira de Letras, com a peça A invasão.[1] A UFPI homenageou o escritor Júlio Romão com título de Doutor Honoris Causa.[3]. Júlio Romão faleceu em Teresina, aos 95 anos. [4].

ObrasEditar

Júlio Romão é autor de diversas obras de teatro e poesia, entre os quais se destacam:[5]

  • Os Escravos: dramatização de Vozes d'África (1947)
  • O Golpe Conjurado (1950)
  • A Parábola da Ovelha (1963)
  • José, o Vidente (1963)
  • A Mensagem do Salmo (1967)
  • Zumbo Zumbu (1967).
  • A Epopéia Brasileira.
  • O Monólogo dos Gestos (1968)

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.