Jackeline Petkovic

actriz brasileira

Jackeline Martins Petkovic (São Paulo, 10 de novembro de 1980), também conhecida como Jacky, é uma apresentadora, atriz e ex-cantora brasileira.

Jackeline Petkovic
Petkovic em maio de 2005
Nome completo Jackeline Martins Petkovic
Outros nomes Jacky
Nascimento 10 de novembro de 1980 (42 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Estatura 1,67m
Ocupação
Profissão apresentadora de televisão
Período de atividade 1997 – presente
Principais trabalhos Fantasia
Bom Dia & Cia
Carreira musical
Período musical 19982002
Gênero(s) infantil

Tornou-se conhecida como apresentadora infantil no fim da década de 1990 no Bom Dia & Cia, onde permaneceu por cinco anos e teve uma carreira na música lançando quatro discos infantis, além de ter tido sua estreia nos cinemas ao lado de Renato Aragão.[1]

Desde 2020, apresenta o programa musical Trilha de Sexta na internet.[2]

BiografiaEditar

Trajetória na TVEditar

Em 1997, Jackeline venceu 12 mil candidatas no teste para ser apresentadora do programa Fantasia. Estreou no programa nas tardes do SBT em 1 de dezembro de 1997, juntamente com Adriana Colin, Débora Rodrigues e Valéria Balbi, onde comandava brincadeiras com o telespectador via telefone. Jacky comandava os blocos infantis do programa e logo gravou o primeiro disco, o CD Jacky, Yes!.[3] Silvio Santos convidou-a para gravar o piloto do infantil Bom Dia & Cia, onde dividiria a apresentação com Eliana, a então apresentadora do programa. O programa piloto foi gravado numa quarta-feira e na segunda-feira seguinte, dia 21 de setembro de 1998, o trabalho estava no ar.[4] Jackeline fez sucesso em sua estreia, vencendo o infantil apresentado por Angélica no mesmo horário na Rede Globo.[5] Nessa época, o jornal Estadão apontou Jackeline Petkovic como uma das 5 apresentadoras infantis brasileiras de maior sucesso.[6] Jackeline também saiu na seção "Loiras Que São Poderosas" da revista "Minha Novela", que apontou Jacky como uma das 5 apresentadoras mais bem sucedidas no Brasil.[7]

Em 2001, Jackeline Petkovic desfilou numa escola de samba que homenageou o SBT no carnaval.[8] No mesmo ano a apresentadora superou a audiência do Eliana & Alegria. Mesmo sem aliados japoneses, Bom Dia & Cia – apresentado por Jackeline Petkovic no SBT – empatava com a Globo na média.[9] Jackeline Petkovic chegava a ficar em primeiro lugar nas manhãs com o infantil.[10] Já em outubro de 2003, o programa Bom Dia & Cia com Jackeline teve audiência de 9 pontos, com picos de até 17 pontos, competindo diretamente com o especial da apresentadora Xuxa na Rede Globo.[11] Jackeline Petkovic, rivalizava com a Globo e, eventualmente, chegava a desbancar Xuxa na liderança do horário.[12] Com picos de até 20 pontos de ibope[13] Uma marca registrada da Jacky, nesta época, era chamar seu fãs de "tchurminha", também de mandar sempre ao final do programa "Um beijinho na pontinha do nariz e outro no coração" e sempre informar que o desenho seria exibido, dizendo: "Olha o desenho". A apresentadora ficou à frente do programa durante 5 anos e passou a ser requisitada para campanhas publicitárias.[14]

Ainda no SBT, Jackeline chegou a apresentar outro programa infantil, o Festolândia.[15] Também foi âncora do programa Sábado Animado. Em 2001 apresentou um bloco do programa da Hebe Camargo Especial de Dia da Criança ao lado da mesma.[16] Em 2002, atuou em SBT Palace Hotel, também fez uma participação no seriado Meu Cunhado e A Praça é Nossa ambos no SBT.

Estreou como dubladora do filme Manuelita em 2002. Em 2003, estreou nos cinemas como a personagem Julieta do filme Didi, o Cupido Trapalhão, atuando com Daniel.[17] Ainda em 2003, Jackeline dublou o filme Mamãe Virei um Peixe.[18]

Em 31 de outubro de 2003 deixou o SBT: "Foi uma decisão da Emissora e não cabe questionamento. Julgar não faz sentido", disse ela.[19]

Atuou em Quem Te Viu Quem Te vê na RedeTV. No mesmo ano atuou em "Cursinho do Leão" na Band.[20] Matriculou-se no curso de interpretação de Beto Silveira.[21] Atuou na novela Metamorphoses da Rede Record.[22] Além de participações no programa "A Turma do Didi", da Rede Globo.[23]

Na madrugada de 7 de novembro de 2006, Jackeline estreou seu novo programa na TV "Insomnia", na RedeTV!,[23] apresentando-o até abril de 2007, afastando-se devido à gravidez de seu filho Enzo, que nasceu no dia 12 de setembro de 2007.

Em 7 de julho de 2008, voltou à televisão no programa Território Livre, na volta da Rede 21.[24] Em 13 de abril de 2009, estreou no programa de rádio Papo Sério, da Rádio Iguatemi, que em maio passou a se chamar Boa Tarde, Jacky. Em 3 de agosto de 2009, estreou o programa Espaço Interior na TV Alphaville.[25]

Em novembro de 2009, assina com a Rede Record para participar da comédia O Curral, paródia do reality show A Fazenda dentro do Show do Tom, da mesma emissora.[26][27] Depois, continuou atuando no programa humorístico de Tom Cavalcante. Em janeiro de 2010, estreia o programa Alphamotor, na TV Alphaville.[28] Em 5 de agosto de 2010, às 14 horas, estreou pela ClicTV, emissora na internet da UOL, o programa Território com Jackeline Petkovic.[29][30] Em outubro de 2010, passa a integrar o time de jurados do Programa Raul Gil do SBT, no quadro "Festival da Música Infantil".[31]

Em maio de 2011, é convidada a A Fazenda 4, mas recusou. Em agosto de 2011, estreou Super Viajante, na Rede CNT.[32] Em dezembro de 2011, Jackeline Petkovic recebeu um prêmio pela sua atuação no espetáculo "Hora do Horror", onde fez sua primeira vilã: A Sissi.[33]

Em junho de 2012, ganha o programa Alfinetas, exibido em horário nobre, pela CNT.[34] Em maio de 2016, a RedeTV! recontrata-a para comandar o programa Plantão Animal.[35]

Em 2020, Jackeline Petkovic passa á comandar o programa Trilha de Sexta no Portal R7.[2]

FilantropiaEditar

Jackeline Petkovic vive engajada em muitas campanhas de solidariedade, é a madrinha da campanha “Amor à criança especial” há mais de 15 anos.[36] A apresentadora também vive engajada em muitas campanhas em defesa dos animais.

Em 2003, Jackeline Petkovic, o fotografo Chico Audi, a agência de comunicação RSVP e a marca de roupa infantil Petstil se uniram e foi criada a campanha "Criança ajuda criança", para ajudar o hospital beneficente GRENDACC, que cuida de crianças carentes com câncer, em Jundiaí, Jacky criara a arte das camisas que foram produzidas pela grife Petstil, Chico fotografou a artista fazendo apelo para as pessoas ajudarem a campanha e agência RSVP, Jackeline desenvolveu toda a campanha. Toda a renda foi revertida a instituição beneficente GRENDACC.

Além dos projetos pessoais, Jackeline Petkovic desenvolve atividades sociais no projeto "Jacky Brasil". Neste projeto, ela faz visitas assistenciais, para levar alegria e motivação a comunidades carentes, associações, hospitais e centros de reabilitação.[37]

Em 2013, Jackeline foi clicada para a campanha Anjos da Moda. O projeto inclui cinco modelos de camisetas, que tiveram renda revertida para instituições de caridade[38] Jacky também participa da campanha "Eu Ajudo á Construir" das Casas André Luíz que tem como objetivo ajudar pessoas com deficiência física em São Paulo, Jacky também foi madrinha de uma campanha, um desfile de modas beneficente que tem como objetivo ajudar as crianças da APAE.

CantoraEditar

Em seu primeiro álbum lançado, suas músicas estavam entre as músicas da TV aberta mais tocadas: em 1999, Jacky "emplacava até fevereiro duas músicas entre as dez e oito entre as 50 mais executadas".

Seu segundo CD, O Circo Encantado da Jacky, com a faixa título e a música Auê Auê que se tornou tema de abertura do Bom Dia e Cia, o álbum foi lançado em primeiro de outubro de 1999.[39] Em apenas dois meses de vendas, ganhou disco de ouro.[14]

Jackeline lançou em 2000 seu terceiro CD. Além das músicas infantis, neste CD Jacky traz novidades com duas músicas românticas: Amor Virtual e Presente.

Seu quarto álbum de carreira, Na onda da Jacky, foi lançado em outubro de 2002 pela gravadora Sum Records[40] onde Jackeline foi uma das poucas apresentadoras a receber autorização do próprio Roberto Carlos para regravar seus sucessos e assim, ela regrava três músicas: Splish Splash, Pega Ladrão e Broto no jacaré.[41] O álbum consiste de uma série de regravações de canções dos anos 60, além de clássicos infantis.[42]

Produtos licenciadosEditar

Jackeline Petkovic foi a única apresentadora infantil á possuir um contrato exclusivo com a marca de brinquedos Estrela para lançar seus produtos. Dentre eles foram lançados o "Bebê no Cavalinho", "Kit de Atividades", a boneca "Maquiadinha da Jacky" que teve uma música de divulgação no seu CD O Circo Encantado da Jacky. Juntamente com o "Kit de Atividades", em 2001 foi lançado o boneco Gugui.

ModeloEditar

Jackeline possui um vasto número de revistas com sua foto na capa – posou inclusive para a revista VIP, em março de 2007, além de ter posado para a Noivas, junto ao cantor Chris Durán, em 2002.[43][44]

TeatroEditar

Jackeline já fez teatro na peça A Bela e a Fera, atuando no Teatro Sérgio Cardoso no papel de “Bela”, junto a Felipe Folgosi, que interpretou “a Fera”.[45]

Linha de gamesEditar

Jacky foi a precursora no comando de programa da linha de games no Brasil, o primeiro programa foi ao ar em primeiro de dezembro de 1997: Fantasia, no SBT.[46]

Na madrugada do dia 7 de novembro de 2006, Jacky se tornou apresentadora do Insomnia, na RedeTV!.[23]

Em 12 de março de 2010, passou a apresentar o QuizTV, que foi exibido simultaneamente nas manhãs da MTV e da Rede Brasil de Televisão.[47] No mês seguinte, o programa passou a chamar Super Game, e a ser exibido nas tardes da Esporte Interativo e Rede Brasil de Televisão. Jackeline ficou no comando até junho de 2010, quando pediu afastamento para apresentar um novo programa na ClicTV. Em fevereiro de 2011, mesmo no comando do programa na ClicTV, estreia o calltv A Jato, pela CNT.[48] Como a linha de games muda frequentemente os nomes e os programas, o nome do programa mudou para Turbo Quiz, e em abril ela passou a apresentar o Quebrando a Banca depois de um tempo apresentando os programas, ela sai dos programas calltvs por um tempo.

No dia 1 de novembro de 2013, Jacky voltou aos calltvs no comando do programa A Chance exibido na Mix TV, Rede Brasil e entre outras emissoras, ao lado de Gabriele Serafim, que já tinha sido colega de trabalho desde o Insomnia.

Em dezembro de 2013, a apresentadora anuncia em seu Twitter oficial que irá sair da EsoTV e que sua temporada na produtora havia acabado, Jackeline saiu e voltou em 2014, mas ficou pouco tempo no programa.

Vida pessoalEditar

Nascida e criada em uma família de classe média da capital paulista, é filha de Francisca O. Flores Martins Petkovic e Guilherme Jorge Petkovic. Seu avô paterno era croata e sua avó materna era uma brasileira filha de um português com uma espanhola.

Em 2000, Jackeline casou-se com o empresário Humberto Visconti. Juntos, tiveram um único filho, chamado Enzo Petkovic Visconti. O menino nasceu de cesariana, em São Paulo, no dia 14 de setembro de 2007. O casal divorciou-se em 2008. Durante a infância, seu filho foi diagnosticado com uma perturbação do neurodesenvolvimento: O TDAH, o que a motivou a travar batalhas diárias para que o filho tenha um bom convívio social.[49]

Em 2010, casou-se com o empresário Luiz Cugurra Neto.[50] A apresentadora revelou o fim da relação com Luiz Cugurra durante o lançamento do Festival Virada Salvador em 2019.[51]

Em 2021, Jackeline Petkovic assumiu namoro com o cantor Bruno Araújo.[52] Em 2 de Fevereiro de 2022, ele e Jacky casaram-se em uma cerimônia pé na areia em Ilhabela, no litoral paulista. A cerimônia aconteceu em um espaço de eventos à beira mar e contou apenas com alguns amigos e familiares.[53]

AcidenteEditar

Em 25 de agosto de 2009, Jackeline sofreu um grave acidente de trânsito, em que seu automóvel colidiu com uma carreta enquanto dirigia pelo Rodoanel, em São Paulo. Seu filho, que estava no carro, nada sofreu por estar na cadeirinha no banco de trás.[54] A apresentadora sofreu uma convulsão. Ela foi internada na UTI[55] e ficou respirando com a ajuda de aparelhos até o fim do dia 26 de agosto.[56] Jacky recebeu alta na tarde de sábado, dia 29 de agosto de 2009.[57]

O acidente comoveu todo o país e foi destaque em programas como o TV Fama que mostrou com exclusividade o resgate da apresentadora, o A Tarde é Sua que teve uma semana do programa dedicada à Jackeline que também recebeu homenagens de programas como o Jornal da Record, Superpop, SBT Repórter e Programa do Ratinho, que foi o primeiro programa em que Jackeline deu entrevista após o acidente. Jackeline também recebeu uma homenagem da Polícia Militar.[58] A apresentadora agradeceu o carinho dos leitores do site G1, da Globo, que cobriu todo o acidente da apresentadora até a sua recuperação.[59]

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Cargo / Personagem Notas
1997–98 Fantasia Apresentadora
1998–99 Festolândia
1998–03 Bom Dia & Cia
2000 Sábado Animado
2002 SBT Palace Hotel Dadete Especial de final de ano
2003 Quem Te Viu, Quem Te Vê Maria Odete Especial de final de ano
2004 Metamorphoses Suellen Madeira
Meu Cunhado Regina Episódio: "Tô Mal"
A Turma do Didi Jacky Episódio: "12 de outubro"
2006–07 Insomnia Apresentadora
2008 Território Livre
2009–11 Espaço Interior
2010 Alphamotor
Super Game
QuizTV
Programa Raul Gil Jurada Quadro: Festival de Música Infantil
2011 Quebrando a Banca Apresentadora
Turbo Quiz
A Jato Quiz
2012 Alfinetadas
2012–13 Super Viajante
2013–14 A Chance
2016 Bom Dia & Cia Apresentadora especial Episódio: "12 de outubro"
2016–17 Plantão Animal Apresentadora

InternetEditar

Ano Título Personagem
2010–12 Território UOL Apresentadora
2020–21 Trilha de Sexta

CinemaEditar

Ano Título Personagem Nota
2002 Manuelita Manuelita (voz) Dublagem
2003 Mamãe, Virei um Peixe Stella (voz)
2003 Didi, O Cupido Trapalhão Julieta Helena Poleto

RádioEditar

Ano Título Emissora
2009 Boa Tarde, Jacky Rádio Iguatemi
2009–11 Papo Sério

TeatroEditar

Ano Título Personagem
2002 A Bela e a Fera Bela
2009 Hora do Horror Sissi, a Domadora

DiscografiaEditar

Lista de álbuns, com informações
Álbum Detalhes
Jacky, Yes!
  • Lançamento: Agosto de 1998
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Sony
O Circo Encantado da Jacky
  • Lançamento: 1 de outubro 1999
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Sun Records
  • Vendas: 100.000[14]
Amor Virtual
  • Lançamento: 2 de novembro de 2000
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Sun Records
Na Onda da Jacky
  • Lançamento: 7 de outubro de 2002
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Sun Records

Referências

  1. Patrícia Kougt (1 de junho de 2014). «Jackeline Petkovic vira escritora e fala de fobia após acidente» 
  2. a b R7 (24 de agosto de 2020). «Trilha de Sexta chega ao R7 e dá oportunidade para músicos, cantores e bandas independentes» 
  3. «Jacky». Archive.Org. 17 de Abril de 2003 
  4. «O Globo». Jornal O Globo. 27 de setembro de 1998 
  5. «Jackeline Petkovic percebe que em seu novo trabalho existe uma responsabilidade mais do que adulta». Tv-pesquisa.com.puc-rio.br. 27 de setembro de 1998. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  6. Estadão. 12 de setembro de 2010 http://acervo.estadao.com.br/pagina/#!/20100912-42698-spo-258-tel-t5-not/busca/Jackeline+Petkovic. Consultado em 5 de novembro de 2012  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. Instagram https://www.instagram.com/p/BSEKM0jj1s4/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  8. Acervo Lombardi (2000). Página do Sílvio Santos https://web.archive.org/web/20090221121654/http://paginadosilviosantos.com/pags/lombardi2.htm. Consultado em 5 de novembro de 2012. Arquivado do original em 21 de fevereiro de 2009  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  9. Ramiro Zwetsch (2000). «Digimon Globo aposta em clone de Pokémon para levantar ibope de Angel Mix». Isto é Gente. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  10. Jornalista Externo (21 de julho de 2003). Jornal A Tribuna http://www.tribunapr.com.br/mais-pop/silvio-santos-muda-grade-conforme-audiencia/. Consultado em 22 de fevereiro de 2015  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  11. Fabíola Reipert (29 de outubro de 2003). «Zapping: Record desiste de contratar Marcelo Rezende». Folha de S.Paulo. Consultado em 22 de fevereiro de 2015 
  12. Jornalista Externo (2j de julho de 2003). Jornal A Tribuna http://www.tribunapr.com.br/mais-pop/o-desaparecimento-dos-bons-programas-infantis/. Consultado em 22 de fevereiro de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  13. Infância Anos 2000 (13 de junho de 2020). Jackeline Petkovic fala sobre os 20 pontos de Audiência do Bom Dia & Cia. YouTube 
  14. a b c Leandro Calixto (23 de dezembro de 1999). «Uma gatinha de muito fôlego». A Notícia. Consultado em 21 de abril de 2015. Cópia arquivada em 31 de dezembro de 2012  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "vendas" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  15. «Festolândia». InfanTV 
  16. Instagram https://web.archive.org/web/20170508041008/https://www.instagram.com/p/8ivPFXBhGe/. Arquivado do original em 8 de maio de 2017  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  17. «Bilheterias de Filme Didi, o Cupido Trapahão». Adoro Cinema 
  18. «Mamãe Virei um Peixe». Adoro Cinema 
  19. Jackeline Petkovic. «Pronunciamento Oficial - Jackeline Petkovic». Archive.org. Consultado em 3 de novembro de 2012 
  20. «Veja o Que Rolou!!!». Archive.org. 13 de dezembro de 2004. Consultado em 13 de dezembro de 2004 
  21. Terra. 13 de dezembro de 2004  Texto "urlhttp://exclusivo.terra.com.br/interna/0,,OI367705-EI1487,00.html" ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda);
  22. «Jacky e Chiquinho na Record». Archive.org. 4 de abril de 2004. Consultado em 4 de abril de 2004 
  23. a b c Folha Online (3 de novembro de 2006). «Jackeline Petkovic terá programa na madrugada da Rede TV!». Folha de S.Paulo. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  24. «Jackeline Petkovic está de volta a tv». Terra Networks. Ofuxico.terra.com.br. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  25. «Depois de viver drama no fim de 2009, Jackeline Petkovic faz 30 anos». UOL. virgula.uol.com.br. Consultado em 28 de abril de 2016 
  26. Terra. Diversao.terra.com.br http://diversao.terra.com.br/gente/noticias/0,,OI4082040-EI13419,00.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  27. UOL. Natelinha.uol.com.br https://web.archive.org/web/20091107084802/http://natelinha.uol.com.br/2009/11/04/not_26534.php. Arquivado do original em 7 de novembro de 2009  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  28. Terra. Ofuxico.terra.com.br http://ofuxico.terra.com.br/materia/noticia/2010/01/06/jackeline-petkovic-comanda-programa-automobilistico-132156.htm  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  29. Vanessa Sulina (26 de julho de 2010). «Jaqueline Petkovic ganha programa de variedades». R7. Entretenimento.r7.com. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  30. Terra Networks. Ofuxico.terra.com.br http://ofuxico.terra.com.br/materia/noticia/2010/07/28/jackeline-petkovic-estreia-programa-na-internet-150675.htm  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  31. «Raul Gil comanda mais uma etapa de Jovens Talentos neste sábado». Sistema Brasileiro de Televisão. 3 de dezembro de 2010. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  32. «Apresentador Ganha Mais Um Programa». Portaldoleaolobo.com.br. 4 de setembro de 2011. Consultado em 5 de novembro de 2012 [ligação inativa]
  33. «Atores da "Hora do Horror" são premiados». Mais Uol. 1 de dezembro de 2011. Consultado em 5 de novembro de 2012. Arquivado do original em 24 de março de 2017 
  34. «Ronaldo Ésper volta à TV para apresentar o 'Alfinetadas', na CNT, ao lado de Jackeline Petkovic». iG. Colunistas.ig.com.br. 31 de maio de 2012. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  35. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome tvefamosos.uol.com.br
  36. Flávia Bianchini. «12ª Festa Amor à Criança Especial acontece dia 23». Piracicaba. Consultado em 11 de junho de 2015 
  37. «Jackeline Petkovic é atração em "Você pode ser feliz"». Archive.Org. 01. Consultado em 11 de junho de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  38. «Wanessa e famosas estrelam campanha Anjos da Moda.». Site Terra 
  39. «O ESTADO DE S. PAULO: PÁGINAS DA EDIÇÃO DE 01 DE OUTUBRO DE 1999 - PAG. 74». Estadão. 01. Consultado em 11 de junho de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  40. «Na Onda da Jacky». CliqueMusic. UOL HOST. Consultado em 5 de junho de 2015 
  41. «Jackeline Petkovic regrava músicas de Roberto Carlos». Babado. Internet Group. 23 de agosto de 2002. Consultado em 5 de junho de 2015 
  42. «Jackeline Petkovic lança seu quarto CD». Paraná Online. Grupo Paranaense de Comunicação. 16 de outubro de 2002. Consultado em 5 de junho de 2015 
  43. Terra Networks. Istoe.terra.com.br http://istoe.terra.com.br/gentedinamica/ensaios/jackline_petkovic/index.htm  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  44. «Jackeline Petkovic e Chris Durán posam de noivos». Terra Networks. 24 de outubro de 2002. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  45. An.com.br https://archive.today/20121231190845/http://www1.an.com.br/1999/dez/23/0tev.htm#. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2012  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  46. Felipe Pinheiro (6 de Junho de 2017). «Fantasia no Ar! Relembre Celebridadespassaram pelo programa do SBT». Buxixo.com.br 
  47. Buxixo.com.br http://www.buxixo.com.br/buxixos/2010/03/12/jacky-petkovic-volta-a-tv-na-tela-da-mtv  Em falta ou vazio |título= (ajuda)[ligação inativa]
  48. «Jackeline Petkovic estreia novo programa». iG. Gente.ig.com.br. 2 de fevereiro de 2011. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  49. «Bastidores da TV - Atores cortados de nova novela». Comerciodojahu.com.br. Consultado em 5 de novembro de 2012 [ligação inativa] 
  50. Jackeline Petkovic (13 de Maio de 2019). «"Com o marido, meu amor" diz Jackeline Petkovic». Instagram. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  51. Bonini, Mariana (6 de novembro de 2019). «Jackeline Petkovic conta que está solteira após quase 10 anos: "Quero ser feliz"». Revista Quem. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  52. Da Redação (17 de março de 2021). «Jackeline Petkovic assume romance com cantor Bruno Araújo». Isto É Gente. Consultado em 21 de abril de 2021 
  53. Redação Quem (2 de fevereiro de 2022). «Jackeline Petkovic e Bruno Araújose casam no litoral paulista». Revista Quem. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  54. «Jackeline Petkovic sofre acidente de carro e respira com ajuda de aparelhos». UOL Celebridades. Celebridades.uol.com.br. 25 de agosto de 2009. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  55. «Após acidente, Jacqueline Petkovic segue na UTI». Diário do Grande ABC. Home.dgabc.com.br. 26 de agosto de 2009 [ligação inativa]
  56. «Médicos vão retirar sedação de Jackeline Petkovic nesta quarta, diz boletim». G1. 26 de agosto de 2009. Consultado em 5 de novembro de 2012 
  57. «Apresentadora Jackeline Petkovic recebe alta em SP». G1. 31 de agosto de 2009. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  58. «Jackeline Petkovic recebe homenagem da Polícia Militar». G1. 16 de setembro de 2009  Texto "http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI93483-9531,00.html " ignorado (ajuda);
  59. Paulo Toledo Piza (2 de setembro de 2009). «'Voltei a acreditar no ser humano', diz Jackeline Petkovic». G1. Consultado em 5 de dezembro de 2012 

Ligações externasEditar