Jacqueline Lelong-Ferrand

Jacqueline Lelong-Ferrand
Nascimento 17 de fevereiro de 1918
Alès
Morte 26 de abril de 2014 (96 anos)
Sceaux
Cidadania França
Cônjuge Pierre Lelong
Alma mater Escola Normal Superior de Paris, Universidade de Lille
Ocupação matemática, professeur des universités
Prêmios Prix Servant
Empregador Universidade de Caen, Universidade de Lille, Faculdade de Ciências de Paris, Universidade Pierre e Marie Curie, Universidade de Bordeaux
Causa da morte doença

Jacqueline Lelong-Ferrand (Alès, 17 de fevereiro de 1918Sceaux, Hauts-de-Seine, 26 de abril de 2014) foi uma matemática francesa, que trabalhou com teoria de representação conforme, teoria do potencial e variedades de Riemann. Lecionou nas universidades em Caen, Lille e Paris.[1][2]

Educação e carreiraEditar

Ferrand nasceu em Alès, filha de um professor clássico, e frequentou a escola secundária em and went to secondary school in Nîmes.[3] Em 1936 a Escola Normal Superior de Paris começou a admitir mulheres, e ela foi uma das primeiras a se inscrever e ser aceita. Em 1939 ela e Roger Apéry foram os primeiros colocados na agrégation matemática; ela começou a lecionar em uma escola para mulheres em Sèvres, continuando a fazer pesquisa matemática sob a supervisão de Arnaud Denjoy, publicando três artigos em 1941 e defendendo sua tese de doutorado em 1942.[3][4][5] Em 1943 recebeu o Prix Girbal Barral da Académie des Sciences, e tornou-se professora da Universidade de Bordeaux. Em 1945 foi para a Universidade de Caen, em 1948 obteve uma cátedra na Universidade de Lille em 1956 foi professora da Universidade de Paris. Aposentou-se em 1984.[3][4][6]

ContribuiçõesEditar

Ferrand publicou aproximadamente 100 artigos matemáticos, incluindo dez livros,[4] e foi ativa em pesquisas matemáticas no final da década de 1970.[3] Uma de suas realizações, em 1971, foi provar que o grupo dos mapeamentos conformes de uma variedade de Riemann não esférica é compacta, resolvendo uma conjectura de André Lichnerowicz, e com base neste trabalho foi palestrante convidada do Congresso Internacional de Matemáticos em Vancouver (1974: Problèmes de géométrie conforme).[3][6]

Recebeu o Prix Servant de 1974 da Académie des Sciences.

ObrasEditar

  • Représentation conforme et transformations à intégrale de Dirichlet bornée, Gauthier-Villars, Paris 1955
  • com Jean-Marie Arnaudiès Cours de Mathématiques, 4 Volumes, Dunod, a partir de 1971 (diversas edições, Volume 1 Algèbre, Volume 2 Géométrie et cinématique, Volume 3 Analyse, Volume 4 Equations différentielles, intégrales multiples, fonctions holomorphes)
  • Les fondaments de la géometrie, Presses Universitaires de France, 1986
  • Géometrie differentielle (tenseurs, formes différentielles), Masson 1963
  • Transformations conformes et quasi-conformes des variétés riemanniennes compactes (démonstration de la conjecture de A. Lichnerowicz). Acad. Roy. Belg. Cl. Sci. Mém. Coll. in–8deg (2) 39, no. 5, 44 pp. (1971).
  • The action of conformal transformations on a Riemannian manifold. Math. Ann. 304 (1996), no. 2, 277–291.

Vida pessoalEditar

Casou com o matemático Pierre Lelong em 1947, juntando seu sobrenome ao seu em suas publicações subsequentes[4] até a separação do casal em 1977.[3][6]

Referências

  1. Jacqueline Ferrand et son oeuvre; acessado em 23 de fevereiro de 2018 (em francês)
  2. Décès de Jacqueline Ferrand, smf.emath.fr; acessado em 23 de fevereiro de 2018 (em francês)
  3. a b c d e f Biografia em MacTutor (em inglês)
  4. a b c d Biographies of Women Mathematicians, Agnes Scott College; acessado em 23 de fevereiro de 2018.
  5. Jacqueline Lelong-Ferrand (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  6. a b c Kosmann-Schwarzbach, Yvette (2015), «Women mathematicians in France in the mid-twentieth century», BSHM Bulletin: Journal of the British Society for the History of Mathematics, arXiv:1502.07597 , doi:10.1080/17498430.2014.976804 .

Ligações externasEditar