Nota: Para a equipe de Fórmula 1, veja Jaguar Racing F1 Team.

A Jaguar TCS Racing é uma equipe britânica de automobilismo que atualmente compete no Campeonato Mundial de Fórmula E da FIA, uma categoria de corridas para monopostos elétricos. A equipe fez sua estreou na categoria na temporada de 2016–17.[5] É de propriedade da Jaguar Land Rover e está baseada em Grove, Oxfordshire, no Reino Unido.

Jaguar TCS Racing
Jaguar TCS Racing
Informações gerais
Nome completo Jaguar TCS Racing
Base Grove, Oxfordshire, Reino Unido
Chefe de equipe James Barclay[1]
(chefe de equipe)
Site media.jaguarracing.com
Pilotos 9. Nova Zelândia Mitch Evans[2]
37. Nova Zelândia Nick Cassidy[3]
Motor Jaguar I-Type 6[4]
Chassis Gen3
Pneu Hankook
Fórmula E
Estreia ePrix de Hong Kong de 2016
Corridas concluídas 64
Campeã de equipes 0
Campeã de pilotos 0
Vitórias 14
Pódios 33
Pontos 1.069
Pole Positions 7
Volta mais rápida 13
Última corrida ePrix de Londres de 2023
Posição no último campeonato (2022–23) 2° lugar (292 pontos)

História

editar

Os rumores de uma possível entrada da Jaguar na Fórmula E iniciaram em meados de 2015.[6] As intenções da Jaguar de entrar na Fórmula E foram reveladas oficialmente em dezembro daquele ano. Ao contrário de sua campanha na Fórmula 1, a equipe entraria na categoria como fabricante, desenvolvendo seu próprio trem de força.[7] A equipe fez sua estreia na terceira temporada da Fórmula E,[8] substituindo a Trulli Formula E Team, que havia se retirado da Fórmula E na temporada de 2015–16.[9][10]

Temporada de 2016–17

editar

Em 19 de agosto de 2016, foi anunciado que a Jaguar traria o campeão da A1 GP Adam Carroll, o campeão da Le Mans Harry Tincknell e os campeões da GP3 de 2012 e 2014, respectivamente Mitch Evans e Alex Lynn para o teste de pré-temporada da Fórmula E em Donington Park, com planos para um lançamento da equipe em 8 de setembro de 2016.[11] Carroll e Evans foram subsequentemente contratados como pilotos titulares da equipe[12][13] e a Panasonic foi nomeada como o patrocinador principal da equipe, que foi batizada de Panasonic Jaguar Racing.[14]

 
Mitch Evans no ePrix de Berlim de 2017.

A Jaguar terminaria a temporada de 2016-17 na décima e última posição na classificação do campeonato das equipes, com o melhor resultado sendo um quarto lugar no ePrix da Cidade do México de 2017.

Temporada de 2017–18

editar

Para a temporada de 2017-18, a Jaguar anunciou a permanência de Mitch Evans e a contratação do campeão da temporada de 2014-15, o piloto brasileiro Nelson Piquet Jr. como substituto para Adam Carroll.[15] No primeiro evento da temporada em Hong Kong, a Jaguar marcou pontos nas duas corridas do fim de semana e conquistou seu primeiro pódio na categoria quando Mitch Evans herdou o terceiro lugar depois de uma desclassificação pós-corrida de Daniel Abt.[16]

Temporada de 2020–21

editar

Em 14 de julho de 2020, a Jaguar se tornou a primeira equipe a anunciar sua formação de pilotos para a temporada de 2020–21, após a contratação de Sam Bird[17] e Evans permanecer com a equipe, pois ele havia assinado um contrato de vários anos antes da temporada de 2019–20.[18] Em outubro de 2020, a Jaguar revelou a versão de desenvolvimento do seu trem de força I-Type 5, com a equipe apenas se referindo a si mesma como Jaguar Racing, separando-se discretamente do patrocinador principal, a Panasonic.[19]

Temporada de 2021–22

editar

Em 2 de novembro de 2021, a equipe anunciou sua mais recente renomeação para Jaguar TCS Racing, além de confirmar a formação de pilotos inalterada de Bird e Evans para a disputa da temporada de 2021–22.[20] Thierry Bolloré também foi confirmado como novo presidente da equipe.[20]

O diretor executivo da Jaguar Land Rover, Thierry Bolloré,[21] deixou o cargo em novembro de 2022.[22] Sem nenhum substituto direto anunciado para o cargo de presidente da Jaguar Racing, James Barclay continuou sendo a única autoridade oficial da equipe que estava entrando na era Gen3 da Fórmula E.

Temporada de 2022–23

editar

A Jaguar manteve Evans e Bird para sua estreia na era Gen3. Em 2022, foi anunciado que a Jaguar passaria a fornecer trens de força para a equipe a partir da temporada de 2022–23, após assinar um contrato de múltiplos anos.[23]

Resultados

editar

(legenda) (resultados em negrito indicam pole position; resultados em itálico indicam volta mais rápida)

Ano Nome Chassi Trem de força Pneu N.° Piloto 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Pontos Class.
2016–17   Panasonic Jaguar Racing Spark SRT01-e Jaguar I-Type 1 M HKG MAR BNA CMX MON PAR BER NIQ MTR 27 10°
20   Mitch Evans Ret 17 13 4 10 9 Ret 17 Ret Ret 7 12
47   Adam Carroll 12 14 17 8 14 15 14 16 10 11 16 14
2017–18   Panasonic Jaguar Racing Spark SRT01-e Jaguar I-Type 2 M HKG MAR SAN CMX PDE ROM PAR BER ZUR NIQ 119
3   Nelson Piquet Jr. 4 12 4 6 4 Ret Ret Ret 12 Ret Ret 7
20   Mitch Evans 12 3 11 7 6 4 9 15 6 7 Ret 6
2018–19   Panasonic Jaguar Racing Spark SRT05e Jaguar I-Type 3 M DAR MAR SAN CMX HKG SNY ROM PAR MON BER SUI NIQ 116
3   Nelson Piquet Jr. 10 14 11 Ret Ret Ret
  Alex Lynn 12 Ret 8 Ret 7 Ret 16
20   Mitch Evans 4 9 6 7 7 9 1 16 6 12 2 2 17
2019–20   Panasonic Jaguar Racing Spark SRT05e Jaguar I-Type 4 M DAR SAN CMX MAR BER BER BER 81
20   Mitch Evans 10 18 3G 1G 6 14 12 9 7 7 11
51   James Calado 16 7 8 DSQ 16 16 20 Ret 17
  Tom Blomqvist 12 17
2020–21   Jaguar Racing Spark SRT05e Jaguar I-Type 5 M DAR ROM VAL MON PUE NIO LON BER 177
10   Sam Bird Ret 1 2 Ret DSQ 14 7 Ret 12 9 1G Ret Ret Ret 7
20   Mitch Evans 3 Ret 3 6 Ret 15 3 8 9 Ret 13 14 3 3 Ret
2021–22   Jaguar TCS Racing Spark SRT05e Jaguar I-Type 5 M DAR CMX ROM MON BER JAC MAR NIO LON SEU 231
9   Mitch Evans 10 21 19 1 1 2 5 10 1 3 11 3 5 Ret 1 7
10   Sam Bird 4 15 15 5 Ret Ret 7 11 10 9 7 5 Ret 8
  Norman Nato 13 14
2022–23   Jaguar TCS Racing Spark Gen3 Jaguar I-Type 6 H CMX DAR CCB SPL BER MON JAC PRT ROM LON 292
9   Mitch Evans 8 10 7 Ret 11 1 1 4 2 Ret 3 4 1 Ret 1 2
10   Sam Bird Ret 3 4 Ret WD 3 2 19 16 20† DNS 17 Ret 3 4 7
2023–24   Jaguar TCS Racing Spark Gen3 Jaguar I-Type 6 H CMX DAR SAO TOQ MIS MON BER XAN PRT LON 26* 2°*
9   Mitch Evans 5
37   Nick Cassidy 3
Notas

* Temporada ainda em andamento.
† – O piloto não terminou o ePrix, mas foi classificado por ter completado 90% da corrida.
G – Volta mais rápida na fase de grupos da classificação.

Outras equipes fornecidas pela Porsche

editar
Ano Equipe Chassi Trem de força Pneu N.° Pilotos Ponto Pos. Fonte
2022–23   Envision Racing Spark Gen3 Jaguar I-Type 6 H 16   Sébastien Buemi 304 [23]
37   Nick Cassidy
2023–24   Envision Racing Spark Gen3 Jaguar I-Type 6 H 4   Robin Frijns 18* 3°* [23]
16   Sébastien Buemi
Nota

* Temporada ainda em andamento.

Ver também

editar

Referências

  1. «James Barclay» (em inglês). media.jaguarracing.com. Consultado em 26 de novembro de 2021 
  2. Smith, Sam (13 de julho de 2023). «CASSIDY TO JOIN JAGUAR IN BLOCKBUSTER FORMULA E MOVE». The Race. Consultado em 1 de agosto de 2023 
  3. «Cassidy To Join Evans For All-Kiwi Line-Up At Jaguar TCS Racing». FIA Formula E. Consultado em 7 de agosto de 2023 
  4. «Formula E Reveals its list of Manufacturers for Gen3 Era». The Race. 31 de maio de 2022. Consultado em 9 de abril de 2022. Cópia arquivada em 23 de abril de 2022 
  5. «Jaguar volta ao automobilismo após mais de uma década». Motorsport.com. 15 de dezembro de 2015. Consultado em 16 de julho de 2018 
  6. Smith, Sam (28 de julho de 2015). «Revealed: Additional Formula E team plans». Motorsport.com. Motorsport Network. Consultado em 20 de fevereiro de 2024. Cópia arquivada em 13 de agosto de 2019 
  7. Smith, Sam (15 de dezembro de 2015). «Jaguar returns to international racing in Formula E». Motorsport.com. Motorsport Network. Consultado em 20 de fevereiro de 2024. Cópia arquivada em 13 de agosto de 2019 
  8. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome motorsport
  9. «Trulli team's Formula E future under discussion». Autosport. 10 de novembro de 2015. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  10. «Trulli Formula E withdraws from championship». NBC Sports. 15 de dezembro de 2015. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  11. Mitchell, Scott (19 de agosto de 2016). «Jaguar Formula E team to evaluate four drivers in Donington test». Autosport. Consultado em 16 de julho de 2018 
  12. «Jaguar signs Carroll as Lynn, Tincknell, Evans vie for second seat». 19 de agosto de 2016. Consultado em 16 de julho de 2018 
  13. «Evans to partner Carroll at Jaguar». 2 de agosto de 2016. Consultado em 16 de julho de 2018 
  14. «Jaguar names Panasonic as title sponsor of its Formula E team». 8 de setembro de 2016. Consultado em 16 de julho de 2018 
  15. «Nelson Piquet Jr joins Jaguar for season four». fiaformulae.com. 21 de setembro de 2017. Consultado em 16 de julho de 2018 
  16. «Abt loses first FE win after disqualification». Eurosport.com. 3 de dezembro de 2017. Consultado em 16 de julho de 2018 
  17. Kew, Matt (14 de julho de 2020). «Bird makes surprise Jaguar FE switch for 2020/21». Motorsport.com. Motorsport Network. Consultado em 15 de julho de 2020 
  18. Smith, Sam (26 de setembro de 2019). «Evans Confirmed for Fourth Jaguar Campaign». e-racing365. Consultado em 26 de setembro de 2019. Arquivado do original em 26 de setembro de 2019 
  19. Bluhm, Tobias. «Jaguar Racing trennt sich von Panasonic». e-Formel.de. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  20. a b «JAGUAR RACING UNVEIL NEW TITLE PARTNER, LIVERY AND ORGANISATION UPDATES AHEAD OF 2021/22 ABB FIA FORMULA E WORLD CHAMPIONSHIP». Jaguar Racing. 2 de novembro de 2021. Consultado em 2 de novembro de 2021 
  21. «Thierry Bolloré» (em inglês). media.jaguarracing.com. Consultado em 26 de novembro de 2021 
  22. «Jaguar Land Rover CEO Bollore to leave after losses, supply woes». Automotive News. 16 de novembro de 2022. Consultado em 18 de janeiro de 2024 
  23. a b c «JAGUAR SECURES ITS FIRST FORMULA E CUSTOMER TEAM». The Racing (em inglês). 8 de fevereiro de 2022. Consultado em 18 de janeiro de 2024 

Ligações externas

editar