Abrir menu principal

Jaime Pereira Rodrigues Baptista

(Redirecionado de Jaime Baptista (militar))

Jaime Pereira Rodrigues Baptista CvCCvAOA ( — ), frequentemente referido apenas como Jaime Baptista, foi um oficial do Exército Português, onde atingiu o posto de capitão da arma de Infantaria, que se distinguiu pelo seu activismo político, o que o levou a participar em diversos golpes e intentonas durante a fase final da Primeira República Portuguesa, incluindo o Golpe de 28 de Maio de 1926. Apesar de ter sido membro da Junta de Salvação Pública presidida por José Mendes Cabeçadas que saiu daquele golpe de Estado, manteve-se defensor do regime democrático, tendo depois integrado o reviralhismo,[1] o que o levou a ser perseguido durante o Estado Novo.[2]

A 28 de Fevereiro de 1919 foi feito Cavaleiro da Ordem Militar de Avis, a 28 de Junho de 1919 foi feito Cavaleiro da Ordem Militar de Cristo e a 5 de Outubro de 1926 foi elevado a Oficial da Ordem Militar de Avis.[3]

Referências e Notas

  1. Luís Miguel Pulido Garcia Cardoso de Menezes, "A Revolta Mendes Norton de 1935". Cadernos Vianenses, Tomo 44, 2010, p. 257 - 293.
  2. Foi incluído na lista anexa ao Decreto n.º 21943, de 5 de Dezembro de 1932, que regula a situação dos que cometeram quaisquer crimes políticos.
  3. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Jaime Pereira Rodrigues Baptista". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 18 de março de 2016 

Ligações externasEditar