Abrir menu principal

Jaime I de Bourbon (1315 - 6 de Abril de 1362) foi filho de Luís I, duque de Bourbon e Maria de Avesnes. Ele foi conde de Ponthieu de 1351 a 1360 e conde de La Marche de 1356 até a sua morte.

Casou-se em 1335 com Joana de Chântillon, filha de Hugh de Chatillon , senhor de Leuze, com o qual teve quatro filhos:

Em 1349, foi feito capitão-geral de Languedoque, e em 1354, contestável da França. Cauteloso com as intrigas políticas, Jaime I renunciou o contestado em maio de 1356, tendo participado da Batalha de Poitiers no mesmo ano. Foi feito prisioneiro pelos ingleses, sendo liberto após o Tratando de Brétigny. O mesmo tratado rendeu Ponthieu aos ingleses. Sucedeu seu irmão mais velho Pedro no condado de La Marche após a morte deste em Poitiers.

Pouco após a trégua promovida pelo Tratado de Brétigny, João I de França incumbiu Jaime I a criar um exército para combater as companhias de mercenários que assolavam a região. Foi assim que, durante a Batalha de Brignais, foi morto em combate juntamente com seu filho mais velho.

Precedido por
Pedro I de Bourbon
Conde de La Marche
13561362
Sucedido por
Pedro II de Bourbon
Precedido por
Conde de Ponthieu
13511360
Sucedido por
Eduardo III de Inglaterra