Abrir menu principal
Jamais Te Esquecerei
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 45 min. aproximadamente
Criador(es) Henrique Zambelli
Ecila Pedroso
Enéas Carlos
Baseado em Nunca Te Olividaré de Caridad Bravo Adams
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Elenco Ana Paula Tabalipa
Fábio Azevedo
Danton Mello
Bia Seidl
Jonas Bloch
Tássia Camargo
Felipe Folgosi
Vera Zimmermann
Wanderley Cardoso
e grande elenco
Tema de abertura "Jamais te esquecerei", Ivan Lins
Transmissão original 14 de abril26 de setembro de 2003
N.º de episódios 120 (original)
58 (reprise)
Cronologia
Pequena Travessa
Canavial de Paixões

Jamais Te Esquecerei é uma telenovela brasileira produzida e exibida pelo SBT entre 14 de abril e 26 de setembro de 2003, substituindo Pequena Travessa, e sendo substituída por Canavial de Paixões, às 20h30, com 120 capítulos.[1]

Baseada no texto original de Caridad Bravo Adams e sendo um remake da telenovela mexicana Nunca te olvidaré, foi traduzido por Henrique Zambelli e adaptado por Ecila Pedroso, que também assinou a supervisão de texto, e Enéas Carlos. A telenovela foi dirigida por Jacques Lagôa, Sacha e Henrique Martins, com David Grimberg como diretor geral de teledramaturgia.

Teve Ana Paula Tabalipa, Fábio Azevedo, Danton Mello, Marcos Wainberg, Jonas Bloch, Vera Zimmerman, Micaela Góes, Tássia Camargo, Viviane Victorette e Bia Seidl nos papéis principais.

Foi reprisada pela primeira vez entre 7 de janeiro e 1 de abril de 2013, em 58 capítulos, substituindo Canavial de Paixões, e sendo substituída pela novela mexicana inédita Cuidado com o Anjo.[2][3]

Índice

AntecedentesEditar

 Ver artigo principal: Lista de telenovelas da Televisa

Em 1970, a telenovela Yo se que nunca foi produzida pela Televisa por Ernesto Alonso e sendo uma obra original de Caridad Bravo Adams. A telenovela foi dirigida por Raúl Araiza e protagonizada por Julissa e Enrique Álvarez Félix.

Em 1999, Juan Osorio produziu a telenovela Nunca te olvidaré, refilmagem da telenovela Yo se que nunca. Esta versão foi protagonizada por Edith González e Fernando Colunga e foi produzida pela Televisa e exibida pelo Canal de las Estrellas entre 18 de janeiro e 28 de maio de 1999 em 94 capítulos.[4]

EnredoEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em Serra das Pedras, uma pequena cidade do interior, Beatriz e Danilo, fazem uma jura de amor eterno. Ainda crianças eles são separados e jamais poderiam imaginar as imensas dificuldades que terão que enfrentar e os obstáculos que terão que transpor para viver um grande amor. O maior de todos os obstáculos é Leonor, mãe de Danilo, uma mulher má que irá utilizar os mais terríveis recursos para separar seu filho de Beatriz. Tudo por que seu marido, Antônio, ainda nutre uma antiga paixão por Isabela, a mãe de Beatriz.

Há muitos anos,quando eram jovens, Antônio e Isabela viveram um grande amor mas só não se casaram por imposição do pai da moça que a obrigou a se casar com outro. Após doze anos, António descobre que Isabela está viúva e ele reencontra sua antiga paixão, mas que devido a uma doença grave ela está com os dias contados.

Em seu leito de morte, ele promete a Isabela que cuidará de Beatriz como se fosse sua própria filha. Entretanto, Leonor, ao perceber a forte ligação entre Beatriz e Danilo, vê crescer em seu coração um ciúme doentio e, cada vez mais maquiavélica, decide separar o jovem casal, matriculando Beatriz em um convento na capital e enviando Danilo para estudar nos Estados Unidos. Mas, o que Leonor não prevê, é que o tempo e a distância vão tornar ainda mais intenso o amor que sentem um pelo outro.

Depois de anos, Beatriz e Danilo voltam para Serra das Pedras. Silvia, amiga de infância e apaixonada por Danilo, junta-se a Leonor para separar o casal, para que isso aconteça Beatriz e Danilo serão vítimas de um plano sórdido: para separá-los definitivamente, Leonor fará com que acreditem que são irmãos. Atormentados, Danilo e Beatriz farão de tudo para fugir dessa paixão proibida e esquecer o pacto que fizeram ainda crianças. Só que o que eles não esperavam é que Beatriz ficaria grávida de Danilo e o pai de Silvia (Vítor)se apaixona perdidamente por ela. Vítor é um homem ganancioso que não mede esforços, nem vidas, para conseguir o que quer. Beatriz vai para a fazenda de sua família sem contar sobre a gravidez para Danilo, e ao chegar lá descobre que a fazenda está totalmente hipotecada. Beatriz não tem dinheiro para pagar a hipoteca e fica receosa. Vítor paga a hipoteca da fazenda e faz uma proposta para Beatriz: ou ela se casa com ele e ganha a fazenda novamente ou ela será despejada. Beatriz volta para Serra das Pedras para pedir ajuda a Danilo em nome do filho dos dois, mas descobre que ele vai se casar com Silvia.

ElencoEditar

Ator Personagem
Ana Paula Tabalipa Beatriz da Silva[5]
Fábio Azevedo Danilo
Bia Seidl Leonor
Felipe Folgosi Álvaro de Melo[6]
Jonas Bloch Antônio
Danton Mello Eduardo Moraima[7]
Vera Zimmermann Açucena Maria de Melo
Magali Biff Iracema
Viviane Victorette Letícia Camargo[8][9]
Marcos Wainberg Vítor Ribeiro[10]
Micaela Góes Sílvia Ribeiro[11]
Clarisse Abujamra Alzira de Melo
Ana Maria Nascimento e Silva Irene Camargo
Glauce Graieb Madre Superiora (Encarnação)
Rejane Arruda Branca
Jonathan Nogueira Beto
Vera Mancini Serafina
Wanderley Cardoso Adamastor[12]
Fabrício Pietro Ivan
Valéria Sandalo Celeste
Paixão de Jesus Benedita
Tiago Moraes Matheus Moraima
César Pezzuoli Justo Camargo
Delano Avelar Daniel Leal
Rogério Márcico Samuel
Chica Lopes Irmã Margarida
Aldine Müller Délia
Fabíola Dutkiev Lola
Eduardo Silva João Cirilo (Ciri)

Participações especiaisEditar

AudiênciaEditar

Ouça o artigo (info)
Este áudio foi criado a partir da revisão datada de 17 de janeiro de 2013 e pode não refletir mudanças posteriores ao artigo (ajuda com áudio).

A novela estreou com 18 pontos de média na Grande São Paulo, um a menos do primeiro capítulo de Pequena Travessa, que teve 19.[14][15][16][17] Em sua primeira exibição, teve média geral de 10 pontos na Grande São Paulo, considerado baixo quando comparado aos 14 da novela antecessora, Pequena Travessa, e dos 12 de sua sucessora, Canavial de Paixões. Um dos fatores que influenciaram no Ibope foi a concorrência com Betty, a Feia, novela exibida pela RedeTV! no mesmo horário.[18][19][20]

Na reprise, sua audiência decepcionou bastante. Com índices que oscilavam entre 2 e 4 pontos, a trama deixava a emissora na terceira colocação. A média geral da reprise foi de 3 pontos, sendo o pior índice da história das Novelas da Tarde desde 2010.

Trilha sonoraEditar

Capa: Fábio Azevedo e Ana Paula Tabalipa

  1. Jamais Te Esquecerei - Ivan Lins
  2. Quase um Segundo - Luiza Possi
  3. Que Amor É Esse - Chitãozinho & Xororó
  4. Doce Presença - Luanda Cozetti
  5. Um Dia a Mais - Zezé Di Camargo & Luciano
  6. Resposta ao Tempo - Adriana Godoy
  7. Tempestade de Paixão - Guilherme & Santiago
  8. Todos os Meus Sentidos - Olivia Heringer
  9. Poeira no Vento - Chrystian & Ralf
  10. Epitáfio - Gal Costa
  11. As Dores do Mundo - Hyldon
  12. Incondicionalmente - Vega
  13. Onde Anda Você - Toquinho e Vinicius
  14. Pra Te Amar - Nila Branco
  15. Hoje Eu Sei - Rouge
  16. Clima de Rodeio - Dallas Company

Referências

  1. Roberta Brasil (12 de abril de 2003). «SBT estréia a novela 'Jamais Te Esquecerei' nesta 2ª». Diário do Grande ABC. Consultado em 5 de junho de 2015 
  2. «SBT anuncia reprise da novela "Jamais te Esquecerei"». NaTelinha. UOL. 27 de dezembro de 2012. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  3. «SBT prepara estreia da novela mexicana "Cuidado com o Anjo"». NaTelinha. UOL. 8 de março de 2013. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  4. «Nunca te olvidaré: ¿Recuerdas el intro de la telenovela? (VIDEO)». Peru.com. 3 de janeiro de 2015. Consultado em 20 de dezembro de 2017 
  5. Rodrigo Rainho (13 de abril de 2003). «"Na próxima, faço a vilã", diz a atriz Ana Paula Tabalipa». Folha Online. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  6. Roberta Brasil (19 de abril de 2003). «Felipe Folgosi recusa convites da Globo». TV Press. Terra. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  7. Paulo Ricardo Moreira (2 de março de 2003). «Chegou a hora de ele ser o malvado da história». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  8. Rodrigo Rainho (16 de fevereiro de 2003). «Ex-drogada de "O Clone" volta esotérica no SBT». Folha de S.Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  9. Paulo R. Moreira (9 de março de 2003). «Ela agora será esotérica». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  10. Paulo Ricardo Moreira (25 de maio de 2003). «Vilão mexicano que já fez muita graça». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  11. Paulo Ricardo Moreira (18 de maio de 2003). «Vilã que domina todos os homens». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  12. Fernanda Dannemann (30 de março de 2003). «Wanderley Cardoso faz novela». Folha de S.Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  13. a b c Redação Terra (3 de abril de 2003). «Jair Rodrigues grava participação em novela do SBT». Terra. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  14. Daniel Castro (16 de abril de 2003). «Sucesso». Folha de S.Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  15. Amelia Gonzalez (18 de abril de 2003). «Elenco forte, imagens boas, enredo fraco». O Globo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  16. «Jamais te esquecerei reúne melhor elenco do SBT». Terra Networks. 19 de abril de 2003. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  17. Leila Reis (20 de abril de 2003). «Melodrama do SBT é opção à sanguinolência». O Estado de São Paulo. TV-Pesquisa. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  18. «Abandonada no altar». O Globo. TV-Pesquisa. 6 de julho de 2003. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  19. «Lá vem as pulgas!». O Globo. TV-Pesquisa. 21 de setembro de 2003. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  20. Redação (27 de dezembro de 2012). «SBT anuncia reprise da novela "Jamais te Esquecerei"». NaTelinha. Consultado em 28 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 29 de dezembro de 2012