James Blish

James Benjamin Blish (East Orange, Nova Jersey, 23 de maio de 1921 – Henley-on-Thames, 30 de julho de 1975) foi um autor americano de fantasia e ficção científica. Blish também escreveu crítica de ficção científica sob o pseudônimo de William Atheling Jr.

James Benjamin Blish
Pseudônimo(s) William Atheling Jr.
Nascimento 23 de maio de 1921
East Orange, Nova Jersey
Morte 30 de julho de 1975
Henley-on-Thames, Inglaterra
Nacionalidade Estados Unidos
Ocupação Escritor de Ficção Científica, Fantasia e Crítico
Gênero literário Ficção científica, Fantasia
Carreira musical
Período musical 1956 - 1975
Assinatura
James Blish Signatures.jpg
Página oficial
www.blish.org

BiografiaEditar

No final dos anos 1930 e começo dos anos 1940, Blish foi membro dos Futurianos.

Blish começou sua carreira como biólogo formado na Rutgers e na Columbia University, e passou o período de 1942 a 1944 como técnico médico no Exército dos Estados Unidos. Após a guerra, ele se torna editor científico para a indústria farmacêutica Pfizer. Seu primeiro conto publicado aparece em 1940, e sua carreira como escritor progrediu até o ponto em que ele abriu mão do seu trabalho para seguir como escritor profissional.

Acredita-se que ele foi o criador do termo "gigante gasoso", no conto "Solar Plexus" que aparece na antologia Beyond Human Ken, editada por Judith Merril. (O conto fora originalmente publicado em 1941, mas a versão anterior não continha o termo; Blish aparentemente o adicionou numa re-escritura feita para a antologia, que foi publicada em1952.)

Blish foi casado com a agente literária Virginia Kidd de 1947 a 1963.

Entre 1967 e sua morte em 1975, Blish tornou-se o primeiro autor a escrever coleções de contos baseados na série televisiva clássica 'Star Trek . Ao todo, Blish escreveu 11 volumes de contos adaptados de episódios da série dos anos 1960, e também um romance original, Spock deve morrer! em 1970 — o primeiro romance para adultos baseado na série (desde então muitos têm sido publicados). Ele morreu durante a escrita de Star Trek 12 ; sua mullher, J. A. Lawrence, completou o livro.

Blish viveu em Milford, na Pensilvânia, em Arrowhead até o meio da décda de 1960. Em 1968, Blish emigrou para a Inglaterra, e viveu em Oxford até falecer por câncer de pulmão em 1975. Foi enterrado no Holywell Cemetery, Oxford, próximo ao túmulo de Kenneth Grahame.

Ligações externasEditar


  Este(a) artigo sobre um(a) escritor(a) de ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.